1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ajuda à Palestina bloqueada pelo Parlamento Europeu

Pagamento de € 18,7 milhões só será liberado se houver clareza sobre a sua aplicação. Ministros da UE podem ampliar nesta segunda-feira lista de entidades consideradas terroristas.

default

Temendo carros-bomba, Israel obriga palestinos a irem a pé

As subvenções às Autonomia Palestina continuarão suspensas até que o Parlamento Europeu receba respostas satisfatórias sobre o emprego do dinheiro, assinalou um porta-voz da comissão neste sábado (16) em Bruxelas.

O comissário do Exterior, Chris Patten, pretende enfocar o tema com a comissão de Exterior do Parlamento Europeu na próxima quarta-feira. Nesta segunda-feira, os ministros do Exterior da União Européia podem ampliar a lista de entidades consideradas terroristas, cujos bens seriam congelados na União Européia.

Entre as ameaçadas de serem incluídas na lista estão a radical islâmica Frente Nacional para a Libertação da Palestina e as Brigadas El Aksa, apoiadas pela organização Fatah, do presidente palestino Iasser Arafat.