1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Agricultores alemães temem perdas por causa da seca

Estiagem prolongada ameaça causar forte queda na safra e aumento dos preços de alimentos, diz Federação dos Agricultores Alemães. Abril foi o mês mais quente desde 1800 e o mais seco desde 1901 na Alemanha.

default

Lavouras estão sedentas, diz presidente da DBV

Devido ao mês de abril mais quente dos últimos dois séculos e à continuação da estiagem neste início de maio, os agricultores alemães prevêem uma forte queda na produção e um aumento dos preços de produtos alimentícios no país.

"As lavouras de cereais, milho e beterraba de açúcar, mas também as árvores frutíferas, as hortaliças e as pastagens estão literalmente sedentas", disse o presidente da Federação dos Agricultores Alemães (DBV), Gerd Sonnleitner, ao jornal Berliner Zeitung.

Caso não chova logo, é previsível que ocorra um forte aumento de preços dos alimentos, porque há notícias sobre longas estiagens também no norte da Itália, na França, na Polônia e na Ucrânia, acrescentou. A irrigação aumenta os custos de produção, disse Sonnleitner.

Segundo o porta-voz da DBV, Miachel Lohse, aproximadamente um terço da área cultivada na Alemanha está ameaçada pela seca, "que atinge não só a produção de alimentos como também a de biomassa para a geração de bioenergia".

Temperatura recorde em abril

Trockenheit in der Landwirtschaft Dürre in Deutschland

Agricultores esperam chuva para os próximos dias

Na opinião do presidente da Associação dos Agricultores de Branbemburgo, Udo Folgart, esta primeira semana de maio é decisiva para os agricultores. Segundo ele, a estiagem atinge principalmente as especialmente as lavouras de centeio, cevada, batata e colza no estado.

Segundo o serviço de meteorologia Meteomedia, mês passado foi o abril mais quente desde 1800 e o mais seco desde 1901 na Alemanha. A temperatura média foi de 4,5 ºC acima da média normal para esta época do ano. Para alívio dos agricultores, os serviços de meteorologia prevêem chuvas já para esta quinta-feira no sul do país. (gh)

Leia mais

Links externos