Agressor de prefeita de Colônia é condenado | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 01.07.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Agressor de prefeita de Colônia é condenado

Homem de 45 anos recebe pena de 14 anos de prisão por tentativa de assassinato. Henriette Reker foi esfaqueada em outubro de 2015, durante campanha eleitoral para a prefeitura da cidade.

Henriette Reker foi esfaqueada durante campanha eleitoral

À época do ataque, Henriette Reker era responsável por alojar refugiados em Colônia

O Tribunal Regional Superior de Düsseldorf condenou nesta sexta-feira (01/07) a 14 anos de prisão o autor do ataque a faca contra a atual prefeita de Colônia, Henriette Reker. Frank S., de 45 anos, foi considerado culpado pela tentativa de assassinato.

"Ele queria emitir uma mensagem contra a política de refugiados do governo federal. Ele queria criar um clima de medo e influenciar a política", afirmou a juíza Barbara Havliza no veredicto.

Frank S. admitiu ter atacado Reker, mas negou que tivesse a intenção de matá-la. Ele fez parte da cena de extrema direita de Bonn, cidade vizinha a Colônia, e já havia sido preso por três anos devido a atos violentos com motivação de extrema direita.

Reker foi esfaqueada no dia 17 de outubro do ano passado, na véspera da eleição municipal, quando participava de um evento da campanha eleitoral em uma praça no bairro de Braunsfeld. Outras quatro pessoas ficaram feridas no ataque.

Na época, Reker era a funcionária da prefeitura responsável pelo alojamento de refugiados em Colônia, no oeste da Alemanha. Um dia após o atentado, ela foi eleita prefeita da cidade.

Reker sofreu cortes na região do pescoço e precisou ser operada. Ela chegou a ficar alguns dias em coma.

CN/dpa/afp

Leia mais