1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

"Agora, até o tetra é possível", diz imprensa alemã

Mídia rasga elogios à Alemanha após vitória de 2 a 0 sobre a Suécia, que garantiu a classificação da equipe anfitriã às quartas-de-final. E comenta também a sofrida vitória da Argentina por 2 a 1 sobre o México.

default

Anfitriões estão eufóricos, após a classificação às quartas-de-final

Com uma vitória convincente por 2 a 0 sobre a Suécia, a Alemanha se classificou às quartas-de-final e se tornou uma das candidatas ao título da Copa 2006. Não só os 80 milhões de alemães festejam sua seleção. Também a imprensa do país e do exterior não poupa elogios à equipe de Klinsmann.

Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung
"A Alemanha festeja sua seleção, a festa do Mundial pode continuar. Os sinais que partem da vitória de 2 a 0 do time de Jürgem Klinsmann sobre a Suécia não poderiam ser melhores para a Copa do Mundo. A equipe passou com bravura pela prova de maturidade no mata-mata. Há anos que a seleção alemã não joga melhor do que jogou no primeiro tempo no sábado. A Alemanha atacou com vontade, paixão e alegria."

Welt am Sonntag
"O próximo capítulo do sonho de verão alemão está escrito. Em sua quarta partida na Copa, a seleção conquistou sua quarta vitória."

Tagesspiegel
"Costa Rica, Polônia, o time B do Equador: com vitórias sobre estes adversários, a seleção alemã desencadeou uma euforia que logo se tornou maior do que poderia ser até então o desempenho em campo. Quem viu as coisas assim e ainda não havia festejado, desde ontem pode se juntar ao júbilo dos velhos e novos torcedores. Porque ontem a seleção jogou extraordinariamente bem. Não só porque entrou no gramado sem duvidar do sucesso e, sim, porque logo transformou essa convicção da vitória em gols. Ontem ela mostrou que está à altura da euforia."

Bild am Sonntag
"Isso já é quase bonito demais para ser verdade ... A festa em preto-vermelho–amarelo-ouro toma conta da Alemanha: 2 a 0 contra a Suécia. Agora, Klinsi já está nas quartas-de-final. E após este jogo uma coisa é certa: agora tudo é possível – também o tetra! Klinsi, isto foi digno de campeão mundial. A prorrogação de seu contrato parece apenas uma questão de formalidade. Como um furacão, Podolski e Klose varreram a defesa sueca. Podolski colocou 66 mil torcedores em êxtase, com dois gols nos primeiros 12 minutos."

Der Spiegel
"O Dreamteam. Eles foram as estrelas da noite: os atacantes Klose e Podolski lançaram a Alemanha nas quartas-de-final. Sua combinação perfeita irritou os suecos e empolgou a torcida. Só o capitão [Ballack] ainda causa preocupações."

"A partida entre Argentina e México mostrou que os tão elogiados argentinos também podem ser vencidos. O adversário da seleção alemã nas quartas-de-final perdeu muito de seu brilho. Mas a força individual ainda continua impressionando."

Sueddeutsche Zeitung
"O príncipe voltou. Com dois gols de Lukas Podolski, a Alemanha venceu claramente contra a Suécia. O placar final poderia ter sido até de 3 a 0 ou 4 a 0."

Netzeitung
"Nas oitavas-de-final contra o México, a seleção argentina teve mais dificuldades do que esperava. O aspirante ao título venceu na prorrogação e precisa melhorar contra a Alemanha."

Mídia internacional

Sunday Mirror (Inglaterra)
"Nesta forma, é preciso primeiro barrar a Alemanha. Este é o valente mundo novo de Klinsmann, com agressivo futebol ofensivo."

Expressen (Suécia)
"Joguem Lagerbäck fora. Queremos um novo técnico!"

El Diário (Argentina)
"Tivemos de sofrer durante todo o jogo. Somente Maxi Rodrigues salvou a Argentina."

Olé (Argentina)
"O Classe A. Um máquina a todo vapor."
(Comentando a classificação alemã).

Clarin (Argentina)
"Um dia maravilhoso para os alemães. O primeiro tempo foi perfeito, no segundo, eles se divertiram. Eles vão como favoritos às quartas-de-final, por serem anfitriões e por causa da apresentação impressionante diante da Suécia."

La Nacion (Argentina)
"A Alemanha destrói a Suécia. A loucura do título assume dimensões gigantescas."

El Diário (México)
Quanta dor! Um gol fantástico de Maxi Rodriguez garante na prorrogação o triunfo da Argentina sobre o México. Foi um bom jogo, com muita emoção, que pareceu um drama."

Leia mais