Agência de rating S&P rebaixa nota de crédito da França e da Áustria | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 13.01.2012
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Agência de rating S&P rebaixa nota de crédito da França e da Áustria

Rebaixamento da notação máxima de crédito da França e da Áustria deverá encarecer a obtenção de dinheiro no mercado de capitais. Agora somente 12 países têm a nota máxima das três mais importantes agências de rating.

Triplo A era considerado 'tesouro nacional' na França

Triplo A era considerado 'tesouro nacional' na França

A agência de rating Standard & Poor's rebaixou em um nível nesta sexta-feira (13/01) a nota de risco de crédito da França para AA+, confirmou o ministro francês da Economia, François Baroin. "Não se trata de uma catástrofe", mas mesmo assim, "é uma notícia ruim", disse Baroin à emissora pública de TV France 2.

Apesar do rebaixamento, Baroin insistiu que novas medidas de austeridade econômica não serão introduzidas. Baroin defendeu Nicolas Sarkozy, dizendo que o presidente não é culpado pelo rebaixamento. A crise de endividamento não é somente um tema francês, mas uma questão "europeia", disse Baroin.

A exatamente cem dias das eleições presidenciais, Sarkozy vê perdida a nota de crédito máxima AAA, considerada por um de seus conselheiros como "tesouro nacional", cuja conservação era um dos objetivos até o fim de seu mandato.

Triplo A

Além da França, um dos motores dos esforços de resgate econômico na zona do euro, a Áustria, também perdeu sua nota máxima, anunciou a agência de notícias AFP. Com o rebaixamento da notação de crédito da França e da Áustria, a obtenção de novos recursos financeiros no mercados de capitais deverá ficar mais difícil e mais cara para os dois países da zona do euro.

Agora, somente 12 países mantêm o chamado Triplo A na avaliação das três principais agências de rating (S&P, Fitch e Moody's). Nove deles estão na Europa: Alemanha, Dinamarca, Finlândia, Holanda, Luxemburgo, Noruega, Reino Unido, Suécia e Suíça. Os outros países considerados AAA pelas três agências são Austrália, Cingapura e Canadá.

CA/afp/dpa/rtr
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais