1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Administração pública alemã vai atender pela internet

Ministro alemão anuncia plano para disponibilizar maior número possível de serviços públicos na internet até 2005.

default

Ministro Otto Schily quer atender a população via internet

A maior parte dos trâmites burocráticos dos serviços públicos alemães poderão ter o seu caminho encurtado com a iniciativa do "BundOnLine 2005". O plano anunciado pelo ministro do Interior Otto Schily (SPD) determina diferentes prazos, para que 376 diferentes serviços públicos sejam disponibilizados para a população através da internet.

Schily espera que a Alemanha assuma uma posição de ponta na Europa, no que se refere ao chamado e-government. Segundo o ministro alemão do Interior, o programa vai proporcionar maior eficiência e custos mais baixos à administração pública.

Tempo é dinheiro - O governo alemão vai investir 3,2 bilhões de marcos (o equivalente a cerca de 3,45 bilhões de reais) no programa, nos próximos quatro anos. Em contrapartida, espera economizar 780 milhões de marcos (cerca de 840 milhões de reais) anualmente com o atendimento virtual.

Mesmo com os custos reduzidos, as tarifas públicas só deverão diminuir nos próximos anos, quando a maior parte dos investimentos do Estado estiver amortizada.

Formulários aduaneiros, pedidos de vários tipos de ajuda social e bolsa estudantil são exemplos dos primeiros serviços que deverão estar totalmente disponíveis na internet. A União proporcionará aos Estados e municípios os padrões elaborados para expedição de documentos e uso da assinatura eletrônica.

Burocracia - A Alemanha enfrenta problemas com o grande número de requerimentos e inscrições feitos anualmente no país, como é o caso das 50 milhões de declarações alfandegárias, 20 milhões de pedidos de ajuda ao Estado e o recrutamento de 400 mil jovens. A internet é um instrumento essencial para a modernização do país, disse o ministro Otto Schily.

Atualmente, 21 serviços públicos já são oferecidos pelas repartições públicas através da rede mundial de computadores. Entre eles estão a oferta de postos de trabalho e a entrega da declaração do imposto de renda.