1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Acidente fere dois no CT da seleção alemã

Casal é atropelado durante ação de marketing de patrocinador da federação da Alemanha. Carro era dirigido por piloto de automobilismo e levava zagueiro Benedikt Höwedes, do Schalke, no banco do passageiro.

Um acidente marcou o sexto dia de preparação da seleção alemã para a Copa do Mundo. Durante um evento de patrocinadores da Federação Alemã de Futebol (DFB), os jogadores tiveram a oportunidade de acompanhar os pilotos Nico Rosberg e Paul Wherlein em seus carros, nesta terça-feira (27/05). E, em uma área reservada para o evento, duas pessoas se encontravam de forma inesperada. Rosberg conseguiu frear; já Wherlein acertou o casal.

A mulher sofreu apenas ferimentos leves, mas o homem foi levado de helicóptero para um hospital próximo e corre risco de morte. O piloto e seu acompanhante, o zagueiro Benedikt Höwedes, do Schalke 04, nada sofreram. No carro de Nico Rosberg, se encontrava o meio-campista Julian Draxler, também do Schalke.

Nico Rosberg, piloto de Formula 1, e Paul Wherlein, piloto da DTM (a Stock Car alemã), além do golfista Martin Kaymer visitaram o centro de treinamentos da seleção alemã nos Alpes austríacos. A ação de marketing já havia sido realizada dois anos atrás, antes da Eurocopa de 2012, com o mesmo Nico Rosberg e o heptacampeão Michael Schumacher, que ainda se encontra internado em coma devido a um acidente de esqui ocorrido no fim do ano passado.

Löw perde carteira de motorista

Deutsche Fußballnationalmannschaft Joachim Löw

Löw ao volante: nos próximos seis meses, só para tirar fotos. O técnico teve a habilitação suspensa

Automóveis parecem ter sido o tema na concentração alemã nesta terça. Segundo a imprensa local, o treinador Joachim Löw somou 18 pontos na sua carteira de motorista e teve a sua habilitação suspensa por seis meses. Os pontos foram por Löw ter dirigindo em alta velocidade e telefonado ao volante. A maioria das autuações ocorreu com o carro de serviço da federação alemã.

"Eu assumo que eu dirigi algumas vezes rápido demais. Sei que preciso me policiar", admitiu Löw em comunicado emitido pelo DFB. "Aprendi a minha lição e vou mudar o meu comportamento no trânsito. Não há desculpas e obviamente tenho que arcar com as consequências e terei que andar de trem."

Essa não foi a primeira vez que Löw teve a sua habilitação suspensa. Em 2006, também por excesso de velocidade perto da cidade de Colônia, o na época assistente técnico de Jürgen Klinsmann ficou proibido de dirigir por quatro semanas.

Leia mais