1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Acabou-se a festa: Suíça chama embaixador na Alemanha de volta

O embaixador Thomas Borer-Fielding e sua esposa americana, Shawne, eram os queridinhos da sociedade berlinense, por seu glamour e excentricidade. Agora o diplomata tropeçou num pretenso affair com uma modelo.

default

A gota que fez o cálice transbordar

Ao que tudo indica, o ministro do Exterior da Suíça, Joseph Deiss, perdeu a paciência com a última referência escandalosa a seu embaixador na mídia alemã e destituiu Thomas Borer-Fielding do cargo de chefe da missão diplomática em Berlim, chamando-o de volta para casa. Em sua opinião, o diplomata de 44 anos não é mais "aceitável" como embaixador na Alemanha. Borer-Fielding lamenta a decisão, mas aceita a transferência: sempre representou os interesses da Suíça na capital alemã com todo o empenho e exercia o cargo com prazer, declarou à imprensa suíça.

A gota que fez o cálice transbordar foi uma recente reportagem num jornal suíço sobre um pretenso affair do embaixador com uma modelo, na própria sede da embaixada e enquanto sua esposa estava viajando. Só que Borer-Fielding nega o escândalo, e o ministro Deiss diz que isso não tem nada a ver com a transferência.

Glamour e excentricidade

Botschafter im Käfig

O embaixador suíço no carnaval alemão

Acontece que o embaixador e sua excêntrica esposa, Shawne, ex-miss Texas, eram os queridinhos da sociedade berlinense, ainda pouco acostumada ao glamour internacional. Shawne, principalmente, vivia nas manchetes por causa dos vestidos extravagantes e decotados com que comparecia às festas.

O embaixador já fora advertido algumas vezes para prezar mais a discrição, mas ele argumentava que seu objetivo era mudar a imagem insossa da Suíça no exterior. A notícia de sua transferência teve uma enorme repercussão na imprensa dos dois países.

O casal Borer, que está passando férias nas Ilhas Maurícias, terá de deixar Berlim em fins de abril. Na sociedade berlinense, muitos estão desconsolados com sua partida: "Berlim sem Shawne vai ser como um bolo sem açúcar" é um dos comentários ouvidos na capital. (lk)