1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Abbas expõe exigências para retomada de negociações de paz

Em encontro com o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, presidente da Autoridade Palestina diz que volta às negociações se israelenses libertarem prisioneiros e encerrarem colonização de territórios palestinos.

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, disse ao secretário de Estado dos EUA, John Kerry, que a libertação de presos palestinos detidos em Israel é uma prioridade para reativar as negociações de paz.

A declaração foi feita neste domingo (07/04), em Ramallah, segunda escala do giro de três dias de Kerry pela região. A visita começou na Turquia, neste domingo, e tem a intenção de reiniciar as conversações de paz entre israelenses e palestinos, interrompidas desde setembro de 2010.

Abbas disse a Kerry que a libertação dos cerca de 4.500 prisioneiros palestinos em Israel é a condição para criar o clima apropriado para fazer avançar o processo de paz, afirmou o porta-voz do presidente, Nabil Abu Rudeina.

Segundo ele, Abbas quer voltar à mesa de negociações, mas para isso é preciso o fim da colonização judaica nos territórios palestinos e a libertação dos presos, principalmente daqueles detidos depois dos Acordos de Paz de Oslo, de 1993.

Após a passagem pela Turquia, Kerry chegou ao aeroporto Bem Guion, em Tel Aviv, e foi direto para Ramallah, na Cisjordânia, onde se encontrou com Abbas. O encontro durou cerca de 80 minutos.

Nesta segunda-feira, Kerry se reunirá com o primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad, e com o presidente israelense, Shimon Peres, além de um encontro com o primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, nesta terça-feira, antes de partir para Londres.

MAM/lusa/afp/rtr

Leia mais