1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

A sociedade do café com bolo

Dizem que os alemães são bons em tecnologia, mas quem conhece a Alemanha sabe que bom mesmo são as conversas regadas a café com bolo nas tardes de domingo.

default

Bolos e tortas alegram os olhos de quem vai a uma confeitaria alemã

Sérios, pensativos, organizados, racionais, mas onde está a sensibilidade dos alemães? O fato de serem tão bons na técnica poderia sugerir que não sobraria espaço para tal, o que não é absolutamente verdade. Entretanto, se toda ela tivesse sido usada nos doces e bolos que aqui se fazem, eu lhes asseguro que já seria suficiente.

Ao vir à Alemanha e observar pessoas de todos os sexos e idades carregando um embrulho nas mãos nas tardes de domingo, não pense que estão escondendo algo, pois nada há de proibido no que levam, com exceção de algumas deliciosas calorias.

Alemães errantes ao caminho de casa com um embrulho nas mãos é sinal de conversa.

Kuchen, Kaffee, Torten

Uma boa mesa preparada para uma boa conversa

Quem não come não conversa

Paradoxalmente, se é em torno da cerveja que se joga conversa fora no Brasil, é em torno de uma mesa de café com bolo que o mesmo acontece na Alemanha, e esta tradição tem um nome: kaffeeklatsch ou conversa de café.

A kaffeeklatsch pode acontecer em casa ou no café de uma confeitaria. Muitas confeitarias alemãs, diferente das padarias, ainda são empresas familiares e estão abertas no final de semana.Tortas e bolos são vendidos freqüentemente em pedaços, cujo preço gira em torno dos dois euros.

Com uma mesa bonita e depois de muita conversa, a DW-WORLD fez uma pequena seleção de tortas e bolos que saborosamente lhes apresenta.

O mistério da floresta

Kuchen, Kaffee, Torten

A torta Floresta Negra

A torta de cereja Floresta Negra ( Schwarzwälder Kirschtorte), por exemplo, é um das tortas alemãs mais conhecidas no Brasil. O que poucos sabem é que, além de manteiga, chocolate, açúcar, ovos, farinha de trigo, amêndoas moídas, gelatina branca, chantily, cravo, canela, cerejas, fermento, açúcar de baunilha e raspas de chocolate, a inocente torta leva pelo menos quatro colheres de sopa de aguardente de cereja... enebriante!

Chique porém simples

Schokokuchen Kuchen, Kaffee, Torten

Torta de trufas com chantily: uma bagatela

A torta de trufas com chantily ( Trüffelsahnetorte) é uma das nossas escolhas mais requintadas, mas nem por isso deve-se pagar muito por ela. Você precisa somente da massa para a base e do chocolate para a cobertura. O recheio se faz com chocolate, chantily, rum, geléia de cassis e chocolate em pó. Dá para seis pessoas e, para resolver a bagatela de 670 quilocalorias por porção, nada como uma corridinha na praia ou uma horinha na academia de ginástica.

Mamãe, eu quero

Se você precisar encantar 12 pessoas, providencie:

Um pacote de pudim em pó, 400 ml de leite, dois ovos, 130 g de açúcar, 25 g de farinha de trigo, 25 g de maisena, duas colheres de chá de chocolate em pó, meia colher de chá de fermento, 500 g de mascarpone, 2 colheres de sopa de aguardente de pêra, uma lata de pêras em calda e 75 g de chocolate para a cobertura.

Kuchen, Kaffee, Torten Kuchen Birne Helene

Pêra Helena: melhor do que João Gilberto

Com leite e pó de pudim faz-se um creme, deixa-se esfriar. Separam-se os ovos para a massa da base. Batem-se as claras e 40 g de açúcar até se formarem picos duros. Misturam-se então as gemas, a maisena, o chocolate em pó e o fermento. Leva-se a massa a uma forma redonda de aro removível (26 cm), revestida de papel manteiga. Assar por 12 minutos a 200°C, deixar esfriar. Bate-se o pudim e mistura-se o mascarpone. Molha-se a base com a aguardente de pêra, distribuindo-se as pêras sobre ela. Derrama-se então o creme de pudim e mascarpone sobre as pêras. Derrete-se o chocolate da cobertura, salpicando-o em finas linhas sobre a torta, e agora é só deixar esfriar.

Dizem que melhor do que o silêncio só João Gilberto. Prezados, coragem! Porque melhor do que a torta Pêra Helena, só mesmo lamber o resto da massa do bolo que a mamãe acabou de bater.

Leia mais