1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

A nobre Coburg

Coburg tem sangue azul? Não duvide! Por suas ruas e em seu castelo já circularam muitos reis e príncipes. Localizada ao norte da Baviera, nos dias de hoje Coburg não vive apenas de seu passado.

default

Prédio da prefeitura

O príncipe Charles, da Inglaterra, assinou seu nome no livro de ouro da cidade de Coburg. A princesa Sílvia, da Suécia, e seu marido, Carlos Gustavo, abanaram para o povo da sacada da prefeitura. O rei Alberto II, da Bélgica, esteve passeando pelo centro histórico. Tanta presença nobre em um só lugar não acontece por acaso. Trata-se, digamos, de visitas aos parentes.

O expansão do ducado de Saxônia-Coburg e Gotha teve início no final do século 18 com uma bem elaborada política de casamento. O plano consistia em casar os parentes com membros da realeza européia. Com o passar dos anos, Coburg já fazia parte de reinos em meio mundo. "Enquanto outros preferem liderar guerras, você, ó feliz Coburg, prefere o casamento", era o ditado que definia a conduta do ducado.

Coburg Schloß

Castelo de Coburg

Coburg possui ligação com as dinastias da Suécia, Noruega, Bélgica, Espanha e Grã-Bretanha. Com tais laços nobres, nenhum morador da cidade se admira quando uma rainha aparece por lá. A partir de meados do século 16, os duques de Saxônia-Coburg fixaram residência no castelo Ehrenburg. A construção em estilo renascentista passou por uma reforma completa no século 19. A fachada foi remodelada para o estilo neogótico inglês, em moda na época. A parte interna assumiu o elegante estilo francês empire.

Primeiro WC da Europa

O castelo reflete as influências culturais e o luxo que seus moradores tanto prezavam. Outra peculiaridade é que o primeiro vaso sanitário do continente foi construído em suas dependências. A novidade para a época foi apenas um mimo para agradar a rainha Vitória, da Grã-Bretanha, que esteve em Coburg em 1860.

Além do suntuoso castelo, a muralha, considerada a maior e mais bonita da Alemanha, atrai milhares de turistas a cada ano. E não apenas os de sangue azul, embora os famosos sempre sejam lembrados, como o ilustre visitante Martinho Lutero, responsável pela Reforma protestante.

Ares de nobreza com modernidade

Coburg fica localizada na francônia, região norte do Estado da Baviera, quase na divisa com o Estado da Turíngia. Seu ar de nobreza engana os que pensam que a cidade interiorana parou no tempo. Muitas empresas jovens e outras tradicionais estão sediadas na histórica localidade, que conta com cervejarias, especialistas na confecção de produtos de vime, fábricas de bonecas (uma delas inclusive é a segunda maior do mundo) e ainda uma indústria de porcelana muito especial.

De Coburg para o mundo

As famosas figuras de porcelana Hummel são fabricadas em Coburg. Quem as criou foi Berta Hummel, nascida em 1909. Depois de estudar Arte, ela decidiu entrar para o convento e passou a dar aulas de desenho em um colégio. O cotidiano escolar acabou lhe dando inspiração para desenhar crianças. A partir de 1935, seus desenhos se tornaram figuras de porcelana.

Berta, que morreu em 1946, vivenciou por pouco tempo o estrondoso sucesso de sua criação. As figuras Hummel encantam até hoje milhares de adultos e crianças em todo o mundo. O clube Hummel, por exemplo, conta com mais de 30 mil colecionadores cadastrados. As figuras de expressão tenra e delicada continuam sendo o principal produto de exportação com sede nas proximidades de Coburg.

Leia mais