1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

A luta contra a tradição de comer baleias nas ilhas Faroe

Liberada na região, a pesca de baleias mobiliza moradores e ativistas da organização Sea Shepherd, que luta pelos direitos dos animais.

Essa edição do Futurando traz uma matéria sobre as Ilhas Faroe e a tradição local de usar baleias como alimento. O arquipélago é um território dependente da Dinamarca e fica entre a Escócia e Islândia. A caça de baleias é permitida e controlada, mas ativistas defendem que a tradição é ultrapassada e desnecessária, mesmo que a espécie de baleia que habita a região não esteja ameaçada de extinção.

"Somos contra a matança dos mamíferos marinhos. Ninguém precisa continuar pescando porque a carne não é mais necessária", explica Wyanda Lublink, da ONG Sea Shepherd. Já os moradores dizem que querem preservar a cultura das ilhas. Para eles, a atividade não causa danos a ninguém. Um tema polêmico que você não pode deixar de ver.

Nossa equipe foi até o México para mostrar a ameaça às tartarugas marinhas. Ambientalistas alertam que grande parte dos ovos é roubada pelo pior dos predadores desses animais: o homem. A venda de ovos de tartaruga foi proibida no México há duas décadas. Mas, devido à crise, o monitoramento para proteger os ovos foi interrompido em 2004. Porém esse não é o único problema. As dificuldades econômicas fazem com que as pessoas retomem essa velha prática. O produto é vendido no mercado negro.

Outro animal ameaçado é o peixe-boi das Filipinas. Os habitantes do país e ONGs trabalham juntos para salvar os animais que restam. Eles se alimentam de algas marinhas que são altamente sensíveis à poluição. Ativistas estão tentando motivar moradores locais a estabelecerem uma zona de proteção para os peixes-bois.

O Futurando dessa semana também fala de internet. Conheça os gêmeos alemães que fazem sucesso no youtube. Em dez anos de existência, a plataforma já tornou diversos anônimos conhecidos. Os irmãos Benni e Dennis são do tipo que faz de tudo para ter fama. O vídeo de maior sucesso foi sobre um ranking de beleza de usuárias do youtube. Por semana, os irmãos lançam três episódios no "Twin TV". Cada vídeo tem de 20 mil a 50 mil visualizações. Isso significa uma posição de destaque no youtube.

Veja os perigos das transmissões online em tempo real. Muitas plataformas permitem que adolescentes a partir dos 13 anos façam as próprias transmissões ao vivo, tornando-os um possível alvo para a pedofilia. Fazer o streaming é fácil. O usuário precisa apenas de um computador com uma webcam ou um smartphone. A plataforma é usada principalmente para fazer comentários durante um chat ao vivo.

Aplicativos para fitness: bênção ou pesadelo? Esses apps ajudam quem pratica esporte. Para muitos, a inovação traz vantagens, mas para os críticos eles significam o início de uma sociedade controlada por grandes empresas. Segundo Stefan Selke, da Universidade de Furtwangen, "no futuro só haverá ações em troca de dados. Quem não fornecer as informações será suspeito. Estamos aos poucos a caminho de uma sociedade na qual apenas aqueles que oferecerem acesso aos seus dados pessoais levarão vantagens e o resto cairá em suspeitas."

Compras no supermercado ou consultoria de moda pela internet ganham formas variadas. Com conselhos por Skype de estilistas ou usando novos apps, o consumidor recebe dicas e os produtos são entregues em casa.

Não perca o Futurando!

Assistir ao vídeo 00:37

Veja nesta edição

O programa

O Futurando traz novidades sobre ciência, meio ambiente e tecnologia e é produzido todas as semanas pela redação brasileira da Deutsche Welle, em Bonn, na Alemanha.

O programa é exibido no Brasil pelo Futura, aos domingos, às 6h30, com reprise às segundas às 21h30 e sextas; pela Rede Minas, aos sábados, às 14h30, com reprise às sextas-feiras, às 12h30; pela TV Brasil, todos os domingos, às 16h30; e pela TV Câmara Tupã, todos os sábados, às 18h, com reprise às terças-feiras, às 19h40.

O Futurando é transmitido também em Moçambique pela Rede Tim, aos sábados, às 14h30.

Áudios e vídeos relacionados