1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

A chance dos primos pobres

Grandes contra pequenos, ricos contra pobres, joão-ninguém contra superstrela. Está começando a Copa Alemanha, a segunda mais importante competição do futebol alemão, que vale uma vaga à Copa da UEFA.

default

Bayern levou o título da última temporada

O peculiar da Copa Alemanha de Futebol (DFB-Pokal), que começa nesta sexta-feira, é a disparidade entre o nível técnico das equipes que a disputam. Desta vez, participam desde o recordista alemão de títulos Bayern de Munique, até uma equipe da nona divisão – do total de dez divisões alemãs.

Mesmo que sejam duelos do tipo "Davi contra Golias", para as equipes amadoras (que nas duas primeiras rodadas têm mando de campo), os jogos representam não só estádio e cofres cheios, como também oportunidade de enfrentar de perto as estrelas da primeira divisão ou, quem sabe, a chance de aparecer no cenário europeu. O que não é impossível, pois muitas vezes os "grandes" preferem dedicar-se a outras a competições, deixando a chance para as equipes menores.

Oportunidade de revanche

Quem teve a sorte grande este ano foi o Borussia Neunkirchen, do pequeno Estado do Sarre. A equipe da quarta divisão, que na década de 60 participou por três vezes da divisão principal, volta a enfrentar o Bayern de Munique neste sábado. Eles se encontraram em campo pela última vez em 1964, numa partida pela ascensão à elite do futebol alemão. Quem levou a melhor foi o Neunkirchen, que derrotou os bávaros por 2 a 0 e os deixou amargando mais um ano na segunda divisão.

"Naquela época, nossa cidade tinha 30 mil habitantes. Todos estavam orgulhosos da vitória contra o time de Munique", conta Günter Kunz, pai de Stefan, ex-jogador da Seleção Alemã. Trinta e nove anos depois, a cidade preparou uma grande festa para receber os campeões do Bayer. O estádio de 23 mil lugares já teve seus ingressos esgotados há muito tempo. "Será nosso Natal antecipado, uma grande festa do futebol," garante o presidente do pequeno clube, Gerhard Alsfasser.

Zebra absoluta

Outro fato inédito nesta edição da Copa Alemanha é a participação de um clube da penúltima divisão (nona). Para o Gerbrunn, do sul da Alemanha e zebra absoluta da competição, apenas uma vitória já seria "a oitava maravilha do mundo", ressalta seu presidente, Günther Brückner.

Uma possibilidade realmente distante, considerando o fracasso da final regional, disputada a 18 de julho. O treinador Joannis Sklirose e dez de seus jogadores embarcaram num ônibus para disputar a final em Aindling, próximo a Augsburg, sendo que cinco outros jogadores deveriam seguir de carro assim que terminassem o expediente.

Amarga derrota

Como ficaram presos num engarrafamento, o técnico viu-se obrigado a calçar um par de chuteiras da equipe adversária (o time não dispunha de mais pares) para garantir 11 jogadores em campo. A amarga derrota foi por 14 (!) a 0. Por sorte, a classificação para a Copa havia sido garantida na semifinal. Como nenhum dos titulares continua no time, o jogo deste sábado contra o Burghausen, da segunda divisão, será disputado pelos reservas da temporada passada.

Quatro partidas entre equipes amadoras e da segunda divisão abrem o campeonato. Os amadores do Wolfsburg enfrentam o Energie Cottbus (rebaixado no campeonato passado à segunda divisão), o Hoffenheim recebe o Eintracht Trier, enquanto o Rot-Weiß Erfurt pega o Alemannia de Aachen e o Waldhof de Mannheim enfrenta o Union Berlin. A rodada de 32 jogos será encerrada na segunda-feira. A próxima etapa será no final de outubro.

Leia mais

Links externos