A atleta Anne Sauer, de Tauberbischhofsheim | Entenda a Alemanha, sua diversidade, estrutura e história | DW | 12.05.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Entenda a Alemanha

A atleta Anne Sauer, de Tauberbischhofsheim

A vida de Anna Sauer gira em torno da família, da escola e do ginásio de esportes. A estudante integra a equipe de esgrima mundialmente conhecida. A sede é em Tauberbischofsheim, no estado de Baden-Württenberg.

default

"Deus ajuda a quem cedo madruga"

A frase faz sentido para a atleta Anne Sauer. Mas não é por esse motivo que Anne acorda todas as manhãs às seis horas. A jovem de cabelos longos e castanhos e um sorriso simpático quer apenas evitar a correria diária.

Ela gosta de tomar café da manhã sem pressa, com sua mãe e seu irmão de 16 anos. A mãe trabalha num escritório. O pai é motorista de caminhão e só está em casa aos finais de semana. O clima na casa da família Sauer é aconchegante.

A comunidade em que Anne vive é pequena e tem seu charme. A estudante e atleta de 18 anos mora no vilarejo de Reinhardsachsen - no Estado de Baden-Württenberg. O vilarejo tem apenas 200 habitantes e a conexão à internet DSL existe há pouco tempo nesta localidade. Onde Anne mora, telefones celulares não funcionam muito bem.

Mas a atleta está muito ligada à comunidade em que cresceu. Por isso, ela opta por viajar 70 quilômetros todos os dias com o carro, ao invés de se mudar para perto da escola de esgrima em Tauberbischofsheim, onde estuda.

Gesichter Deutschlands Porträt AnSaP3

O dever de casa é feito no Clube de Esgrima

Ser aluna e ser atleta – difícil combinação

No porta-malas de seu Ford Fiesta azul escuro, Anne guarda o material escolar e o uniforme para a prática de esgrima. O primeiro destino da manhã é o Colégio de Economia em Tauberbischofsheim - meia hora trafegando.

Tauberbischofsheim é uma pequena cidade com 13 mil habitantes, mas "grande" no que se refere ao esgrima. O clube de esgrima do qual a jovem participa é conhecido mundialmente por causa do grande número de prêmios conquistados em Olimpíadas.

Na escola, Anne não é a única que pratica tal esporte. Mas uma coisa é certa: quando a estudante for para a faculdade, no futuro, na cidade de Würzburg, ela pretende continuar ativa na esgrima.

Gesichter Deutschlands Porträt AnSaP4

Centro Olímpico de Esgrima em Tauberbischofsheim

Centro Olímpico de Treinamento – a sua segunda casa

Às 13 horas, seus colegas de classe vão para casa. Anne não. Ela vai ao Centro Olímpico de Treinamento. Lá ela não só pratica a esgrima mas também estuda. Anne precisa fazer os deveres de casa. Mas antes, vai almoçar com as colegas no refeitório.

No almoço, são servidas somente refeições balanceadas - especiais para atletas - e muita salada. Anne não é fã de dietas: não consegue largar o chocolate. Um "pecado" que nem se nota na atleta, que é magrinha. Ela treina disciplinadamente e inclusive aos domingos. Quando é dia de folga para os atletas, ela joga futebol.

Para não prejudicar o desempenho escolar dos jovens do Clube da Esgrima, o Centro Olímpico de Treinamento coloca à disposição dos atletas professores para ajudá-los quando tiverem dúvidas nos deveres de casa. Anne sabe valorizar este apoio: medo de perguntar na hora de estudar, ela não tem.

Gesichter Deutschlands Porträt AnSaP2

A esgrimista Anne nunca descuidou dos estudos

Cansativo mas justo

Às 15 horas, começa o programa de treinamento esportivo: aulas com personal trainers, massagem e, uma vez por semana, um encontro com um psicólogo. "Um esgrimista precisa estar em forma – fisicamente e mentalmente – para ter um bom desempenho", conta Anne.

O plano de treinamento é seguido à risca. Antes do treino em grupo, que dura duas horas, os atletas recebem um lanche, às 17 horas. Um meio pãozinho basta para Anne. Ela precisa ser ágil e leve. Postura, passos e concentração... tudo precisa ser feito corretamente. Depois que Anne e as outras meninas vestiram seus uniformes de esgrima, elas digladiam impiedosamente.

Gesichter Deutschlands Porträt AnSaP1

Diariamente Anne viaja 70km para estudar e digladiar

No colo da mãe

Após um dia de escola e treino, Anne busca apenas por descanso. Por volta das 21 horas, ela está em casa. A mãe e o irmão a aguardam - assim como a cachorra schnauzer, que foi batizada de Mia.

A janta é servida com carinho pela mãe e a conversa flui entre a família, na mesa da sala. Anne sempre tem muito para contar. Depois, não falta o chocolate.

Autora: Yordanka Yordanova
Revisão: Rodrigo Rimon

Links externos