1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Ação de ventos e marés ameaça ilhas alemãs

Ilhas e costa alemãs ainda não se recuperaram do furacão que as atingiu na semana passada. Meteorologia prevê o pior furacão dos últimos quatro anos no país. Ventos e marés estão erodindo as ilhas.

default

Cadê a praia que estava aqui?

Os ventos de até 140 quilômetros por hora que varreram a Alemanha na semana passada deixaram profundas marcas no litoral e em algumas ilhas do país. Em Sylt, no Mar do Norte, desapareceram cerca de 100 mil metros cúbicos de areia, varrendo do mapa pelo menos 30 metros da ponta sul da ilha.

Küstenschutz auf der Nordseeinsel Sylt Winter

Plantas evitam a erosão em Sylt

Desde o outono europeu do ano passado, a perda de areia em Sylt chegou a 800 mil metros cúbicos. Casas ainda não estão ameaçadas, mas já há danos visíveis nas escadas de madeira nas praias, afirmou Helge Jansen, prefeito da cidade de Rantum.

Reposição de areia

Como medida preventiva, foram transportados no ano passado para a famosa ilha balneária alemã 1,2 milhão de metros cúbicos de areia. Nos últimos anos, esta prática revelou ser a única forma eficiente para evitar que Sylt perca ainda mais superfície. Em muitos locais, no entanto, já desapareceu a areia reposta no ano passado.

A ilha vizinha de Amrum também não escapou da erosão. A página de notícias online Amrum News publicou que o vendaval e as fortes marés da semana passada eliminaram até 20 metros de praia e destruíram dunas.

Helgoland atingida

Helgoland Steilküste und Lange Anna

Longa Ana (e) em perigo

O furacão afetou principalmente o norte da Ilha de Helgoland, que perdeu cerca de 10 mil metros cúbicos de areia, o que corresponde ao carregamento de cerca de mil caminhões.

O famoso penedo e símbolo da ilha, conhecido pelo nome de Longa Ana, também está ameaçado. Embora protegido por um muro de concreto, a erosão está correndo a coluna de rochas coloridas.

Leia mais