1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Ação contra pornografia une polícia e operadoras de cartões

Pela primeira vez na Alemanha, operadoras de cartões de crédito liberaram o acesso a seus dados para a polícia. Operação apontou os responsáveis por uma rede de pornografia infantil na internet.

default

Identificados mais de 300 suspeitos que propagavam pornografia infantil pela internet

A cooperação entre a polícia alemã e empresas de cartões de crédito permitiu a identificação de 322 suspeitos de organizar e manter uma rede de pornografia infantil na internet a partir do Estado de Saxônia-Anhalt, no leste alemão.

A operação, que recebeu o nome "Mikado", envolveu batidas da polícia em casas e escritórios de centenas de suspeitos e foi marcada por uma cooperação inédita entre as operadoras de cartões de crédito e a polícia, que teve acesso a informações de 22 milhões de cartões de crédito.

Segundo informações publicadas na versão online da revista Der Spiegel, foi conferido se foram feitos pagamentos de quantias preestabelecidas num espaço de tempo predeterminado para contas no exterior.

Outro caso, há três anos

Em investigação semelhante, em 2003, a operação "Marcy" dera um golpe decisivo contra uma rede de pornografia que agia a partir de Magdeburg e se estendia para 166 países.

O principal responsável foi julgado em 2005 em Magdeburg e condenado a três anos e meio de prisão. Na época, foram realizadas investigações contra 26 mil suspeitos em 166 países, incluindo computadores no Vaticano e até mesmo na Antártida.

Leia mais