1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Calendário Histórico

1957: "West Side Story" estreia em Nova York

No dia 26 de setembro de 1957, estreava na Broadway o musical "West Side Story", depois de oito anos de preparativos.

O renomado maestro e compositor Leonard Bernstein anotou na sua agenda em 6 de janeiro de 1949: "Jerry Robbins telefonou hoje com uma boa ideia – uma versão moderna de Romeu e Julieta." Oito anos mais tarde, a ideia transformara-se num musical, que estreou em 1957 e obteve um êxito fenomenal não apenas nos Estados Unidos: West Side Story.

O grande sucesso por pouco não foi produzido. É que, quando Robbins apresentou sua ideia a Bernstein, o maestro ficou entusiasmado, mas estava sem tempo para qualquer novo projeto. Assim, os planos foram inicialmente engavetados.

Somente seis anos mais tarde, em 1955, é que os trabalhos foram retomados. Pouco depois, Bernstein deixou novamente a equipe, para fazer uma turnê com o seu musical Candide. Finalmente, em fevereiro de 1957, Leonard Bernstein escreveu em seu diário: "Agora, nada mais vai nos impedir."

O clássico Romeu e Julieta, a história dos amantes mortos em decorrência da inimizade entre as suas famílias, foi transportado para a Nova York do século 20 por Jerome Robbins (coreografia), Stephen Sondheim (texto) e Leonard Bernstein (música). O conflito era entre dois grupos de jovens: um formado por americanos "tradicionais" e o outro por imigrantes porto-riquenhos, recém-chegados, em busca da "terra prometida".

Estreia encantou Bernstein

Para obter o maior realismo possível, a equipe contratou os mais jovens atores e dançarinos disponíveis. Bernstein, durante os ensaios em Nova York: "É inacreditável – 40 adolescentes arrasam no palco! 40 adolescentes que nunca cantaram antes, cantam agora contrapontos de cinco vozes e com um som magnífico. Creio que tomamos a decisão certa, de não buscar 'cantores'. Tudo que tivesse um som mais profissional soaria também mais experiente e, com isto, mais velho. É um exemplo perfeito, de como uma desvantagem pode transformar-se numa vantagem."

A estreia ocorreu a 26 de setembro de 1957, em Nova York, e o público ficou entusiasmado. Bernstein: "A estreia foi exatamente como nós sonhávamos. Valeu a pena toda a luta e as mudanças, bem como as inúmeras vezes em que tudo foi reescrito. Havia a história de amor e ódio, os riscos da sua interpretação teatral com temas como a morte e os problemas raciais, os jovens atores desconhecidos e a música séria com coreografia difícil, mas valeu a pena para o público e para a crítica. Estou orgulhoso e honrado de fazer parte desta produção."

O musical West Side Story foi encenado em Nova York durante quase dois anos, com 772 apresentações. Em 1961, a obra foi filmada com Natalie Wood num dos papéis principais. Também no cinema, West Side Story (Amor, Sublime Amor) tornou-se um clássico.