1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Calendário Histórico

1949: Konrad Adenauer eleito chanceler federal alemão

Em 15 de setembro de 1949, o democrata-cristão Konrad Adenauer é eleito, com apenas um voto de vantagem, o primeiro chefe de governo da República Federal da Alemanha, no pós-guerra.

default

Adenauer assina Lei Fundamental da RFA, em 23 de maio de 1949

Nascido em 5 de janeiro de 1876 na cidade de Colônia, Konrad Adenauer é um dos principais responsáveis pela consolidação da democracia na Alemanha do pós-guerra.

Entre os marcos do seu governo estão o apaziguamento das relações com a França, a aproximação e integração da então jovem República Federal da Alemanha (RDA) à comunidade de países ocidentais, e a adoção da economia social de mercado.

Adenauer dava especial valor à cooperação com a França, tradicional arquirrival da Alemanha. A entrada da RDA na Otan, em 1954, e a criação da Comunidade Econômica Europeia, em 1957, não teriam sido possíveis sem a crescente confiança mútua entre os dois países.

O sucesso econômico da jovem república garantiu a adesão popular ao governo Adenauer. Já em 1953 a União Democrata Cristã (CDU), de que foi cofundador, e sua aliada bávara, a União Social Cristã (CSU), obtiveram a maioria no parlamento. Em 1957, ambos os partidos também conquistaram a maioria absoluta dos votos dos eleitores.

Por outro lado a visita de Adenauer a Moscou, em 1955, marcou o início das relações diplomáticas com a União Soviética.

Carreira política

Formado em Direito e Sociologia, a partir de 1917 Adenauer foi prefeito de Colônia, cargo que ocupou durante 16 anos. Com a ascensão dos nacional-socialistas ao poder, em 1933, sob a liderança de Adolf Hitler, passou a ser perseguido e acabou destituído do cargo. Várias iniciativas do democrata-cristão haviam angariado o desagrado dos nazistas, como a ordem de retirar bandeirolas com a suástica de uma ponte em Colônia, ou a recusa de apertar a mão do Führer, durante uma visita oficial.

Terminada a Segunda Guerra Mundial, em 1945, Adenauer voltou à vida política e à frente da prefeitura de Colônia, com o apoio dos Aliados. Meses depois, porém, foi deposto pela força de ocupação britânica, que o acusou de incompetência.

Em 1948 elegeu-se presidente do Conselho Parlamentar, em Bonn. No ano seguinte, foi eleito deputado federal, ingressando no Bundestag, a câmara baixa do Parlamento, onde se manteria até sua morte, em 1967.

Adenauer foi escolhido primeiro chefe de governo da República Federal da Alemanha em 15 de setembro de 1949, aos 73 anos de idade, como candidato do partido que ajudara a fundar. Adenauer pouco se importou com o fato de ter sido eleito com apenas um voto de vantagem, provavelmente o seu próprio voto. Reelegeu-se em 1953, 1957 e 1961.

Deixou a Chancelaria Federal em 1963, enfraquecido politicamente, tanto por não ter reagido à construção do Muro de Berlim em 1961, quanto devido o escândalo desencadeado por um artigo crítico da revistaDer Spiegel, em 1962. Konrad Adenauer morreu em 19 de abril de 1967, aos 91 anos.

AS/dw/ap

Leia mais