1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Calendário Histórico

1945: Americanos libertam o campo de concentração de Dachau

No dia 29 de abril de 1945, soldados americanos libertaram os 70 mil prisioneiros que restavam no campo de concentração de Dachau.

default

Campo de concentração de Dachau

"Eu tinha vontade de pedir desculpas ao nosso cachorro por pertencer à raça humana. Quanto mais adentrávamos o campo de concentração e víamos os esqueletos revestidos de pele e as instalações características do campo de extermínio, tanto mais eu me sentia inferior ao cachorro, porque, como pessoa, eu pertencia à raça responsável por Dachau."

Desta maneira, o rabino militar norte-americano Eli Bohnen descreveu, em suas memórias, a libertação do campo de concentração de Dachau, no dia 29 de abril de 1945. Dachau foi o primeiro campo de concentração construído logo após a tomada do poder por Adolf Hitler, em 1933. Inicialmente, serviu de prisão para os adversários políticos do novo regime. Em Dachau, foi testado e desenvolvido o sistema de terror nazista. Foi o laboratório de experiências da SS, a tropa de elite nazista, chefiada por Heinrich Himmler.

Campo de extermínio

Durante a Segunda Guerra Mundial existiram 22 campos de concentração, fora os outros 165 "campos de trabalho". Em todos eles, os prisioneiros eram submetidos a brutalidades. Devido às torturas, jornadas de trabalhos forçados de 11 horas diárias, má alimentação e doenças, a taxa de mortalidade entre os prisioneiros era altíssima. Calcula-se que 7,2 milhões de pessoas foram confinadas nos campos de concentração, das quais 500 mil sobreviveram.

Com o início da Segunda Guerra Mundial, os campos de concentração foram ampliados para os territórios conquistados, principalmente a Polônia. Por ordem de Himmler, Auschwitz transformou-se no maior campo de concentração do regime da SS. Na esperança de obter mão de obra barata, o grupo industrial I.G. Farben construiu uma fábrica de borracha sintética próxima a Auschwitz.

Paralelamente, a mesma empresa desenvolveu o gás venenoso Zyklon B, testado pela primeira vez em setembro de 1941 no extermínio de cerca de 900 prisioneiros de guerra da União Soviética. Em seguida, a SS passou a usar esse gás no extermínio em massa dos judeus de 23 países europeus, transportados para Auschwitz.

No dia 29 de abril de 1945, soldados norte-americanos libertaram os últimos prisioneiros do "laboratório" em que foi desenvolvida essa máquina do terror nazista: o campo de concentração de Dachau.

Leia mais