1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Calendário Histórico

1923: Primeiro Dia das Mães na Alemanha

No dia 13 de maio de 1923, o governo alemão introduziu o Dia das Mães, comemorado sempre no segundo domingo de maio. A data tem um forte sentido comercial, mas também de reconhecimento pelas crianças.

default

Flores, o presente predileto para as mães alemãs no seu dia

Quando a mãe de Anne Jarvis faleceu, a 9 de maio de 1905, a norte-americana iniciou uma campanha pela instituição de um dia no calendário em homenagem às mães. Somente nove anos depois, o presidente Woodrow Wilson instituiu a data: o segundo domingo de maio passaria a ser reservado para homenagear as mães.

Sua popularidade se deu graças ao comércio e às iniciativas do Exército das Salvação, das Igrejas e da Sociedade Internacional do Dia das Mães. Anne Jarvis era contra a comercialização da data, a ponto de perder uma fortuna em processos contra vendedores de flores, chocolates e perfumes. Em vão. A data consagrou-se no comércio e Jarvis morreu pobre, cega e sem filhos, num asilo na Filadélfia.

Seu idealismo perdeu para os fortes argumentos da "indústria do dia das mães": uma mistura de gratidão, consciência pesada e sentimentalismo. Muitos procuram desculpar-se por um ano de desleixo com suas genitoras oferecendo caixas de bombons, buquês de flores, perfumes...

Outros países – A idéia de Anne Jarvis foi herdada pelo mundo ocidental. Já nos calendários nos países do Leste Europeu, procurou-se em vão uma data em homenagem à trabalhadora.

Na Inglaterra, a data existe há mais de 300 anos. Um registro de 1644 indica que, todos os anos, no mesmo dia, mães e filhos iam comer bolo na casa das avós e lhe levavam presentes.

O Dia das Mães foi instituído na Alemanha em 1923. Foi um reconhecimento tardio às mulheres que haviam perdido os filhos nos campos de batalha da Primeira Guerra Mundial. Mais tarde, a data foi usada ao extremo pela propaganda nazista. Como precisasse de soldados para sua máquina de guerra, Hitler condecorava as mães com grande número de filhos.

Atualmente, o Dia das Mães na Alemanha tem um forte sentido comercial, mas também de reconhecimento pelas crianças. A Igreja, as creches e as escolas aproveitam a data para homenagens em forma de trabalhos de pintura, colagem ou pequenas lembrancinhas feitas pelas crianças. Além disso, é tradição "surpreender" as mães com o café da manhã na cama ou assumir suas tarefas domésticas neste dia.

Links externos