Último refúgio de extremista Bin Laden é importante cidade militar | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 02.05.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Último refúgio de extremista Bin Laden é importante cidade militar

Cidade paquistanesa Abbottabad abrigou durante anos o líder da Al Qaeda. Um lugar com longa tradição militar. Difícil crer que Bin Laden tenha construído uma fortaleza diante dos olhos do Exército paquistanês.

default

Bin Laden morava nesta casa, com família e seguidores

Osama bin Laden não morava numa caverna ou num esconderijo subterrâneo. O complexo residencial onde se refugiava o homem mais procurado do mundo tinha dois andares e valor de 1 milhão de dólares. Com área de um hectare e cercada por um muro de 5 metros de altura e arame farpado, a propriedade ficava a pouca distância da academia militar paquistanesa, na cidade de Abbottabad.

Karte Pakistan Abbottabad englisch

Abbottabad tem mais de 100 mil habitantes

Há anos especulava-se sobre o esconderijo de Bin Laden, cogitando-se que ficasse em algum lugar na fronteira entre o Paquistão e o Afeganistão. Porém nem mesmo os mais ousados teóricos da conspiração imaginariam que o líder da Al Qaeda e seus seguidores estivessem ali, bem diante dos olhos do Exército paquistanês.

Por outro lado, toda a região é considerada bastião dos talibãs paquistaneses. Há muito havia suposições de que o influente serviço secreto do Paquistão estivesse dando proteção tanto aos talibãs quanto aos apoiadores de Bin Laden.

Localização privilegiada

Abbottabad fica apenas duas horas ao norte da capital paquistanesa, Islamabad. Situada no coração da província de Khyber Pakhtunkhwa, ela deve seu nome a James Abbott, major britânico que em 1853 escolheu essa posição estratégica privilegiada para instalar um posto avançado no caminho para o Afeganistão.

Com mais de 100 mil habitantes, ela possui numerosos e conceituados internatos e escolas superiores. Bin Laden morava no bairro de Kakul, o mesmo da famosa Pakistan Military Academy, considerada o mais importante centro educacional do Exército nacional.

Além disso, Abbottabad é importante estação de passagem para viagens e expedições à parte paquistanesa de Caxemira, à cordilheira de Karakorum, fronteira comum entre Paquistão, China e Índia, ou ao K2, segundo ponto mais alto do planeta, depois do Monte Everest.

Onipresença militar

Dossierbild Osama bin Laden 2

Osama bin Laden em foto de 1998

O ex-refúgio de Bin Laden já foi ponto turístico apreciado, devido à beleza de suas paisagens e à proximidade da legendária Rota da Seda. No verão a localização elevada lhe garante um clima mais ameno do que o das metrópoles Islamabad ou Rawalpindi.

No entanto, o caráter militar de Abbottabad não é exatamente um convite ao turismo. Repleta de soldados, por toda parte se veem indicadores da onipresença do Exército paquistanês. Além das guarnições, há academias militares, clubes de esporte e outras instalações mantidas pelos militares.

Assim, é difícil crer que o líder da Al Qaeda houvesse conseguido erguer despercebido sua quase fortaleza, na rua principal e próximo ao aeroporto da cidade. Segundo um especialista em turismo da emissora ZDF, a mansão ficava num bairro movimentado de Abbottabad, diante de uma academia militar particular.

BR/dw/dpa
Revisão: Augusto Valente

Leia mais