1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Especial

Último ato de uma política malevolente

default

O objetivo de despojar o Iraque de todas as armas de extermínio em massa era um consenso internacional. No mundo inteiro, havia a esperança de que as inspeções de armamentos da ONU permitissem uma solução pacífica do conflito. Mas os planos dos Estados Unidos eram diferentes: desde o início, o objetivo de Washington era uma intervenção militar e a derrubada do regime de Saddam Hussein, independente do resultado das inspeções e a qualquer custo. A resistência internacional liderada sobretudo pela França, pela Alemanha e pela Rússia impediu que fosse aprovada uma resolução do Conselho de Segurança da ONU, dando aos EUA um mandato para intervir militarmente no Iraque. O presidente americano George W. Bush ignorou os preceitos do direito internacional, optando por uma guerra sem legitimação.

Leia mais

Links externos