1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Élber, o melhor brasileiro da rodada; Vragel, o único na seleção

Dos brasileiros, somente Amoroso marcou na 25ª rodada, isolando-se na vice-artilharia.

default

Vragel, entre Hujdurovic e Piplica, comemora a vitória do Energie

Nem sempre quem faz gol brilha. Nem sempre quem brilha vai para a seleção. Conclusões da 25ª rodada do Campeonato Alemão. O atacante Amoroso foi o único brasileiro a marcar gol. De pênalti, salvou o Borussia Dortmund de uma vergonhosa derrota, em casa, para o St. Pauli, penúltimo colocado da Bundesliga. Sua atuação, porém, foi fraquíssima.

O melhor brasileiro no fim de semana foi Élber, que não marcou e assim permitiu que Amoroso seguisse sozinho na vice-artilharia, atrás de Ballack, do Bayer Leverkusen, que fez mais um e manteve a liderança. Mas Élber brilhou na vitória de 2 a 0 do Bayern de Munique sobre o Stuttgart, que realimentou as esperanças do tetracampeonato no clube bávaro.

Para a revista esportiva Kicker, Élber foi o destaque da partida. "Com excelente domínio de bola, ele conduziu o time à vitória, com o genial passe de calcanhar para Santa Cruz abrir o placar", escreveu o semanário a respeito do atacante.

Apesar de ter recebido da revista a nota mais alta dentre os brasileiros, Élber não foi escalado pela redação para a seleção da rodada. A concorrência entre os atacantes foi grande neste fim de semana. Nem por isto, o selecionado ficou sem brasileiro.

O zagueiro Vragel da Silva destacou-se na vitória de 2 a 0 do Energie Cottbus sobre o Schalke. "Como líbero, o brasileiro proporcionou estabilidade à defesa, ganhando a maioria das disputas, fosse no ar ou no chão", avaliou a Kicker.

Boa nota recebeu ainda Zé Roberto. O ala esquerdo cumpriu papel importante para salvar o Bayer Leverkusen da derrota em Freiburg. No lance do primeiro gol de seu time, por exemplo, o brasileiro fez bela jogada pela esquerda e chutou. Pegou o rebote e bateu de novo. A bola iria para fora, mas o búlgaro Berbatov ainda a desviou para reduzir o placar.

Campeonato Alemão 2001/2002 (Bundesliga)

Bundesliga Logo

Artilharia após a 24ª rodada

  • 14 gols – Ballack (Bayer Leverkusen)
  • 13 gols – Amoroso (Borussia Dortmund)
  • 12 gols – Élber e Pizarro (ambos Bayern de Munique)
  • 11 gols – Marcelinho Paraíba (Hertha Berlim), Klose (Kaiserslautern), Max (1860 Munique) e Neuville (Bayer Leverkusen)
  • 9 gols – Aílton (Werder Bremen) e outros
  • 8 gols – Éwerthon (Borussia Dortmund) e outros
  • 7 gols – Róbson Ponte (Wolfsburg) e outros
  • 6 gols – Cacau (Nürnberg), Lincoln (Kaiserslautern) e outros
  • 4 gols – Vragel da Silva (Energie Cottbus) e outros
  • 3 gols – Lúcio (Bayer Leverkusen), Marcelo Bordon (Stuttgart) e outros
  • 2 gols – Paulo Rink (Nürnberg), Zé Roberto (Bayer Leverkusen), Marcão (St. Pauli), Paulo Sérgio (Bayern de Munique) e outros
  • 1 gol – Alex Alves (Hertha Berlim), Ratinho (Kaiserslautern), Adhemar (Stuttgart), Brasília (Energie Cottbus) e outros
  • 1 gol contra – Marcelo Pletsch (Borussia Mönchengladbach) e outros

    Artilheiros dos últimos campeonatos:

    • 2000/2001 – Sand (Schalke) e Barbarez (Hamburgo): 22 gols
    • 1999/2000 – Max (1860 Munique): 19 gols
    • 1998/1999 – Preetz (Hertha Berlim): 23 gols

Leia mais