1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Élber não tem medo de ameaça da CBF

Dirigentes da entidade afirmam que atacante não será mais lembrado enquanto Scolari estiver no comando da equipe.

O artilheiro do Bayern de Munique na Liga dos Campeões, Giovane Élber, não tem medo de ficar de fora nas futuras convocações e confia que vai permanecer na seleção, inclusive para a Copa do Mundo do próximo ano, no Japão e na Coréia. O atleta foi ameaçado diretamente pela diretoria da CBF ontem, depois da derrota brasileira em La Paz para a Bolívia, por 3 a 1. "Ele irritou a comissão técnica e não deve ser mais convocado, pelo menos enquanto Luiz Felipe Scolari dirigir a equipe", teria revelado um representante da CBF.

Élber acredita que se tivesse viajado por dois ou três dias para o Brasil "esse teatro não existiria". Tanto o técnico Scolari como o diretor de futebol, Antonio Lopez, foram avisados por Élber que o seu clube não havia autorizado sua viagem para os exames no Brasil. Mesmo assim, segundo Élber, os dois não aceitaram e lembraram que Roberto Carlos também está machucado e apresentou-se à CBF. "Depois disso, pedi a eles para entrarem em contato com o diretor do Bayern, Uli Hoeness, para acertarem a situação", explica ele.

A CBF não entrou em contato com o clube alemão. Por sua vez, Hoeness disse que a Fifa conhece a posição do Bayern e teria aceitado que Élber ficasse em Munique para sua recuperação. "Eles (CBF) precisam mostrar ao público mundial alguma atitude", concluiu o dirigente alemão à revista esportiva Kicker.

Polêmica - Na opinião do treinador do Bayern, Ottmar Hitzfeld, a entidade brasileira quer criar polêmica. "Ele está machucado, não pode viajar e, simplesmente, não vemos nenhum problema nisso. O que eles querem é polêmica e isso não nos interessa", revelou o técnico.

Mesmo assim, a CBF confirmou que pediu à Fifa as " mais severas punições" contra o clube da Baviera. Élber continua o seu tratamento para recuperar-se da contusão no joelho operado e seu retorno ao Campeonato Alemão (Bundesliga) está previsto para o dia 17, contra o Werder Bremen, fora de casa. (ml)