1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

"É triste me despedir assim", diz o português Figo

O meia português Luís Figo chegou ao fim de uma carreira de 15 anos na seleção nacional neste sábado, em Stuttgart, com uma derrota para 3 a 1 para a Alemanha na disputa pelo terceiro lugar da Copa do Mundo.

"É difícil para mim encerrar a minha carreira na seleção desta maneira. Eu fiz tudo o que eu pude e o time deu o seu máximo. Mas a Alemanha mereceu a vitória", reconheceu o jogador de 33 anos de idade.

Figo é o recordista de partidas por Portugal, com 127 apresentações. Com dores musculares, ele entrou apenas no segundo tempo do duelo com os alemães e fez a jogada do gol de Nuno Gomes.

O veterano recebeu inclusive elogios do primeiro ministro português José Socrates. "Esta equipe tinha em Luís Figo um grande líder dentro de campo", afirmou.

Figo fez parte da "Geração de ouro" de Portugal que venceu o Campeonato Europeu sub-16 em 1989 e o Mundial sub-20 em 1991. Ainda como uma promessa, o meia estreou pela seleção principal em outubro de 1991, num jogo contra Luxemburgo.

Ele comandou sua equipe até as semifinais da Euro 2000, quando ela foi eliminada. E, quatro anos depois, até a decisão da Euro em seu país, numa derrota por 1 a 0 para a surpreendente Grécia.