1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Áustria é duplamente premiada no Oscar

Prêmios para o cinema austríaco: "Amor", de Michael Haneke, levou o Oscar de melhor filme estrangeiro depois de ter sido celebrado na Europa. Christoph Waltz ficou com a estatueta de melhor ator coadjuvante.

A Áustria saiu duplamente premiada da cerimônia de entrega do Oscar, realizada na noite deste domingo (24/02) em Los Angeles, nos Estados Unidos. O ator Christoph Waltz recebeu pela segunda vez a estatueta de melhor ator coadjuvante, e o diretor Michael Haneke (A fita branca, A professora de piano) recebeu o prêmio de melhor filme em língua estrangeira por Amor.

Amor conta a história de um casal de idosos em meio às enfermidades e adversidades que a idade traz. Haneke dedicou a premiação à sua mulher, também membro da equipe de produção do filme. "Você é o centro da minha vida", disse o diretor austríaco na cerimônia de entrega. Esta é a segunda vez que o cinema da Áustria leva o prêmio de melhor filme em língua estrangeira – a primeira foi com Os Falsificadores, em 2008.

O filme de Haneke recebeu praticamente todas as maiores premiações internacionais do circuito cinematográfico: o Prêmio Europeu do Cinema, em 2012; a Palma de Ouro em Cannes, também no ano passado; e agora o Oscar. Além disso, Amor conquistou o César, concedido pela Academia Francesa de Cinema, em cinco categorias (melhor filme, direção, roteiro original, bem como os prêmios de melhor ator e atriz para os veteranos Jean-Louis Trintignant e Emmanuelle Riva, que desempenham os papéis principais no filme). Ambos têm em suas bagagens atuações lendárias em filmes dos diretores Bernardo Bertolucci, Éric Rohmer e Alain Resnais.

"Exceção no cinema contemporâneo"

O longa-metragem, uma coprodução austro-franco-alemã, em cooperação, entre outros, com as emissoras alemãs ARD, BR e WDR, foi considerado unanimemente pela crítica em diversos países europeus como uma obra-prima. Além da direção, Haneke assina também o roteiro do filme.

Bildergalerie Europäischer Filmpreis 2012

Jean-Louis Trintignant (de costas) e Emmanuelle Riva em cena de 'Amor'

Depois de vencer a Palma de Ouro em Cannes, um dos elogios ao longa, tecido pelo semanário alemão Die Zeit, apontava Amor como "uma exceção no cinema contemporâneo. Enquanto hoje concorrem uns com os outros no cinema o excesso de imagens, a obsessão pelo espetáculo, a diligência e amenidades oblíquas, Amor abdica completamente de qualquer efeito. O filme confia apenas na intimidade com a qual seus dois protagonistas presenteiam a câmera".

Melhor ator : Waltz em filme de Tarantino

O segundo prêmio para a Áustria no Oscar deste ano foi para Christoph Waltz, na categoria melhor ator coadjuvante, por sua atuação em Django Livre, de Quentin Tarantino. No filme, Waltz desempenha o papel de um dentista alemão que virou caçador de recompensas.

Este é o segundo Oscar que Waltz recebe, embora já tenha sido indicado várias vezes. Em 2010, ele levou uma estatueta por sua participação em Bastardos Inglórios, também de Tarantino, no qual encarna o papel do oficial nazista Hans Landa.

Waltz, de 56 anos, derrubou na corrida pelo Oscar deste ano ninguém menos que Robert de Niro e Tommy Lee Jones. "Participamos da viagem de um herói e esse herói é Quentin", disse o ator, elogiando o diretor. Antes de iniciar sua carreira no cinema nos EUA, Waltz trabalhou por 30 anos na Alemanha, em produções para o teatro, televisão e cinema.

Oscars 2013 Oscarverleihung Christoph Waltz

O ator austríaco Christoph Waltz com a estatueta em mãos

Incentivo para novas produções

Os dois Oscars têm um valor simbólico para a cinematografia austríaca. A cerimônia de entrega foi acompanhada em Viena com muita atenção por parte do público e os resultados mereceram elogios e comentários de diversos políticos e personalidades ligadas à vida cultural do país.

"É claro que se trata de um sucesso pessoal, mas tenho certeza que esse Oscar vai trazer nova motivação para muitos artistas austríacos", afirmou Claudis Schmied, ministra da Cultura do país.

Veja a lista dos dos vencedores da 85ª edição do Oscar em diversas categorias:

Melhor filme: Argo

Melhor filme estrangeiro: Amor

Melhor roteiro adaptado: Argo

Melhor roteiro original: Django Livre

Melhor diretor: Ang Lee (As aventuras de Pi)

Melhor atriz: Jennifer Lawrence (O lado bom da vida)

Melhor ator: Daniel Day-Lewis (Lincoln)

Melhor atriz Coadjuvante: Anne Hathaway (Os Miseráveis)

Melhor ator Coadjuvante: Christoph Waltz (Django Livre)

Melhor filme de Animação: Valente

Melhor fotografia: As Aventuras de Pi

Melhores efeitos visuais: As Aventuras de Pi

Melhor curta-metragem: Curfew

Melhor documentário em curta-metragem: Inocente

Melhor documentário em longa metragem: Searching for Sugar Man

SV/dpa/rtr/ap/afp
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais