1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

À procura de água e da origem da lua

O que os cientistas querem descobrir através da Smart-1:

Em sua órbita em torno da lua, a Smart-1 chegará mais perto do polo sul, onde se supõe haver água, ou melhor, gelo. Uma de suas missões é buscar a água em estado sólido. Para isso, ela dispõe de um espctômetro infravermelho, capaz de reconhecer água pela freqüência de onda dos reflexos de luz na superfície da lua. Na ESA já há quem sonhe em construir, um dia, uma base de pesquisas na lua, se lá houver realmente água.

A sonda tem sete instrumentos a bordo e os cientistas estão interessados sobretudo no outro lado da lua, que não pode ser avistado com telescópios a partir da Terra. Um espectômetro fornecerá dados sobre a composição química da superfície da lua. Os cientistas querem saber como surgiu a lua e se há provas para a teoria de que ela teria nascido de um choque da Terra com um asteróide há aproximadamente 4,5 bilhões de anos.

Também se comprovará se uma sonda com um sistema de navegação que se oriente pelas estrelas também poderá mover-se no espaço em longas distâncias com piloto automático, sem ter que ser comandada a partir da Terra. E, por último, a ESA pretende tentar estabelecer uma ligação com a Smart-1 através de raios laser. Esses sistemas ópticos de comunicação já são usados com êxito nos satélites em órbita próxima ao nosso planeta. Mas não se sabe se funcionarão a longa distância.