1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Portugal

Terreiro do Paço: As chaimites da revolução param no vermelho

Salgueiro Maia conseguiu convencer os seus homens da Escola Prática de Cavalaria de Santarém. Chegara o momento de fazer a revolução e acabar com a ditadura.

O capitão de 29 anos disse-lhes na madrugada de 25 de Abril: "Quem quiser vir comigo, vamos para Lisboa e acabamos com isto." Pouco antes das seis da manhã, os militares chegam ao Terreiro do Paço, a zona onde se situava a maior parte dos ministérios portugueses.

A caminho da baixa lisboeta, a coluna militar parou num semáforo vermelho. "Achei que era demais parar a revolução ao sinal vermelho. […] Mando avançar", recordaria Salgueiro Maia, citado pelo jornal português Expresso.