1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cabo Verde

Rio 2016: Cabo-verdiano na semifinal dos 400m com barreiras

Jordin Andrade tinha sido desqualificado por falta técnica, mas o Comitê Olímpico Cabo-verdiano (COC) conseguiu revogar decisão. O atleta competirá na noite desta terça-feira (16.08. 2016).

default

Jordin Andrade na prova de 400m com barreiras realizada segunda-feira (15.08)

O atleta cabo-verdiano Jordin Andrade segue para a semifinal dos 400m com barreiras dos Jogos Olímpicos Rio 2016, após o Comitê Olímpico de Cabo Verde ter-se manifestado contra a eliminação do atleta nas eliminatórias que aconteceram esta segunda-feira (15.08). A desqualificação ocorreu por causa de uma falta técnica.

"Após a realização de um protesto logo a seguir à prova, através da análise técnica do selecionador Júlio Nagana, foi dado um provimento positivo por parte da IAAF [Associação das Federações Internacionais de Atletismo], que coloca o nosso atleta Jordin Andrade nas meias-finais dos 400 metros barreiras", anunciou o Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC).

Na prova em que foi desqualificado, Andrade alcançou um tempo (49,35s) próximo daquele que tinha alcançado a qualificação olímpica (49,24s) e tinha chances de se classificar para a próxima etapa da modalidade. Porém, ao derrubar uma das últimas barreiras, acabou por ser desqualificado por falta técnica.

Logo após a prova, o COC apresentou um protesto por entender que o atleta não derrubou a barreira de propósito, e teve provimento positivo da IAAF.

Jordin Andrade vai disputar a semifinal dos 400 metros barreiras na noite desta terça-feira (16.08). Segundo o COC, esta é a primeira vez que um atleta de Cabo Verde segue para a fase seguinte numa Olimpíada, sem ser desclassificado na primeira fase.

Jordin Andrade tem 24 anos e vive nos Estados Unidos, onde conseguiu a classificação para participar nas Olimpíadas do Rio e preparou-se bem para o evento.

Cabo Verde no Rio 2016

Rio Olympia 2016 Cape Verde Team Eröffnungsfeier

Delegação cabo-verdiana na cerimónia de abertura dos Jogos Rio 2016, no Estádio Olímpico do Maracanã

Além de Andrade, Cabo Verde está representado nos Jogos Olímpicos Rio 2016 por mais quatro atletas: Lidiane Lopes ficou em 9.º na classificação geral dos 100 metros e Davilson Morais foi eliminado no pugilismo, na categoria de +91kg.

Na quarta-feira (17.08), Maria Andrade compete no taekwondo. A participação cabo-verdiana prossegue com Eliane Boal, que vai representar o país na ginástica rítmica, no dia 19.

Leia mais