1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

ProSavana – desenvolvimento da agricultura local ou monoculturas para a exportação?

O projeto dos três governos do Brasil, do Japão e de Moçambique pretende desenvolver a agricultura moçambicana ao longo do corredor de Nacala no norte do país. Mas a Sociedade Civil queixa-se de falta de transparência.

default

Agricultores na província da Zambézia durante a colheita de arroz

O ProSavana foi lançado em 2011 e deve ser implementado em 19 distritos das províncias de Nampula, do Niassa e da Zambézia no norte de Moçambique. A região corresponde a cerca de 11 milhões de hectares, uma área maior que o território do país vizinho Malawi.

Em Moçambique, existe a preocupação de que o ProSavana implemente o modelo de monoculturas e latifúndios, voltados para o mercado externo. Isto ocorreu no Brasil, onde no Cerrrado brasileiro foi implementado, com a ajuda do Japão, o projeto PRODECER, o "pai" do ProSavana. Atualmente, as áreas de implantação do projeto em Moçambique são ocupadas principalmente por pequenos agricultores.

Saiba mais sobre o ProSavana através dos artigos deste especial da DW África!

Leia mais