1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Nova campanha para livrar a África Ocidental da poliomielite

Equipas preparam-se para vacinar 116 milhões de crianças nos países da África Ocidental e Central, especialmente na Nigéria, que ainda regista casos.

Pelo menos 116 milhões de crianças serão vacinadas contra a poliomielite a partir da próxima semana em 13 países da África Ocidental e Central. A campanha, uma das maiores já realizadas no continente africano, faz parte de um conjunto de medidas para combater a doença na região.

Todas as crianças com menos de cinco anos de idade nos 13 países – Benin, Camarões, República Centro-Africana, Chade, Costa do Marfim, Guiné-Conacri, Libéria, Mali, Mauritânia, Níger, Nigéria e Serra Leoa – serão vacinadas contra a poliomielite, ou paralisia infantil, informaram a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) num comunicado conjunto.

As equipas de vacinação, que integram mais de 190 mil profissionais de saúde e voluntários, "trabalharão até 12 horas por dia, deslocando-se a pé e de bicicleta, muitas vezes com uma humidade sufocante e temperaturas superiores a 40 graus centígrados", assinalam.

O diretor de erradicação da poliomielite da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michel Zaffran, disse que este tipo de ação coordenada é necessário para alcançar a erradicação da doença em África.

Assistir ao vídeo 03:25

Sobrevivente de poliomielite combate a doença na Nigéria

Nigéria ainda tem casos

A Nigéria é o único país africano a registar casos de poliomielite. Em agosto de 2016, quatro casos de paralisia infantil foram registados em zonas onde predomina a insegurança.

O especialista da OMS disse: "A epidemia de poliomielite no nordeste da Nigéria é, de fato, parte de uma grande crise humanitária. Esta parte do país é afetada por conflitos, insegurança, desnutrição, deslocamento de populações e as equipes de poliomielite estão trabalhando muito duro lá, coordenando com os trabalhadores humanitários para garantir que a vacina contra a pólio seja entregue juntamente com intervenções de saúde mais amplas".

O diretor de erradicação da poliomielite explicou que, enquanto o vírus permanecer no continente, continua a haver um risco para as crianças em todos os lugares.

Envolvimento da sociedade

De acordo com a OMS, o envolvimento total dos líderes políticos e comunitários em todos os níveis é considerado muito importante para o sucesso da campanha. É somente através da participação plena dessa liderança que todos os setores da sociedade civil são mobilizados para garantir que todas as crianças sejam atingidas, alerta a organização.

Matshidiso Moeti, diretora regional para África da OMS, lembra que Nelson Mandela lançou há 20 anos a campanha "Kick Polio Out of Africa", numa altura em que a poliomielite era endémica em todos os países e em que "mais de 75 mil crianças ficavam paralisadas anualmente devido à doença".

A vacina oral contra a poliomielite (bOPV) imuniza contra dois dos três sorotipos do poliovírus selvagem: 1 e 3. O poliovírus selvagem tipo 2 foi erradicado.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados