1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Nota de esclarecimento de artigo sobre a qualidade da água em Moçambique

A Deutsche Welle (DW) publica a nota de esclarecimento enviada pela organização Global Alliance for Improved Nutrition (GAIN).

O comunicado da GAIN surge na sequência da notícia sobre a qualidade da água consumida em Moçambique, publicada pela DW, no dia 13 de julho de 2017, e diz o seguinte:

"A Global Alliance for Improved Nutrition – GAIN é uma organização não-governamental internacional sediada na Suíça e está representada em Moçambique desde 2011. A GAIN implementa atividades em Moçambique, como um dos principais parceiros do setor de nutrição, mobilizando parcerias público-privadas e fornecendo assistência técnica e financeira para a melhoria do acesso a alimentos seguros e nutritivos, incluindo alimentos fortificados, para as comunidades mais vulneráveis à desnutrição. Em menos de uma década e desde o seu lançamento, a GAIN expandiu as suas operações trabalhando com governos e agências internacionais através de projetos que envolvem mais de 600 empresas privadas e organizações da sociedade civil em mais de 30 países em todo o mundo. As atividades da GAIN atingem mais de um bilhão de pessoas e proporcionam acesso a alimentos seguros e nutritivos, incluindo alimentos fortificados.

No dia 13 de julho de 2017, foi publicado um artigo sobre a qualidade da água consumida em Moçambique, onde foram apresentados dados numéricos de um estudo, cuja autoria foi atribuída à GAIN.

A presente nota de esclarecimento serve para clarificar que as evidências desse estudo não pertencem à organização, bem como não se tratam de informações colhidas ou partilhadas pela diretora nacional da GAIN, Katia dos Santos Dias, uma vez que o objetivo principal desta organização é especificamente na área da nutrição e qualidade e segurança dos alimentos, através do aumento do acesso a alimentos nutritivos. Por outro lado, a GAIN nunca realizou nem promoveu um estudo relacionado com a qualidade da água consumida em Moçambique.

O pronunciamento feito pela diretora nacional da GAIN foi no âmbito da reunião de apresentação do relatório de avaliação da capacidade dos Laboratórios Nacionais de Águas e Alimentos de Maputo, Beira e Nampula, organizado pelo Ministério da Saúde e apoiado pela GAIN.

Ainda dentro do seu plano de ação para a segurança e qualidade dos alimentos, a GAIN apoiou na realização de uma formação aos técnicos de laboratório como forma de enaltecer o papel dos laboratórios na monitoria, controlo e segurança dos alimentos, no combate à desnutrição crónica em Moçambique.

A reunião e formação foram organizadas num enquadramento específico de controlo da qualidade dos alimentos, por parte dos laboratórios uma vez que os mesmos se têm dedicado mais à análise das águas, sendo necessário intensificar mais as análises periódicas aos alimentos, dentro do contexto dos alimentos nutritivos, incluindo os produtos fortificados".

Leia mais