1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Nigéria: Governo já recuperou 200 milhões de euros com medida anticorrupção

Montante foi recuperado nos primeiros quatro meses deste ano. Governo está a incentivar a denúncia por meio de recompensa que oferece a quem informar sobre casos de desvio de dinheiro público.

Na Nigéria, o Governo já recuperou nos últimos quatro meses cerca de 200 milhões de euros em operações anticorrupção. Estas ações só têm sido possível por meio da nova estratégia desenvolvida pelo Estado para combater a corrupção, que afeta todos os escalões da sociedade até ao mais alto nível do aparelho do Estado.

Trata-se de proteger e remunerar todo aquele que aceite correr os riscos de denunciar atos de corrupção dos chamados "intocáveis". Assim, qualquer pessoa que forneça informações suscetíveis de permitir ao Estado recuperar dinheiro roubado, nomeadamente do herário público, pode receber até 5% do montante desviado. A estratégia já parece dar os seus frutos.

Muhammadu Buhari speaks during an interview with Reuters at a private residence in Lagos, Nigeria

Muhammadu Buhari: Presidente cumpre promessa de combate à corrupção

Na capital, Lagos, as autoridades não se surpreendem ao descobrir em esconderijos nas paredes de salões e luxuosas residências, milhares e milhares de notas de euros, dólares americanos, libras e nairas nigerianas, cuidadosamente embaladas em sacos de plástico. 

A descoberta não acontece por acaso. Alguém passou a informação e, em troca, esta pessoa deverá receber até 5% do montante encontrado. Recentemente, por meio de denúncias, as autoridades encontraram escondido numa dessas residências luxuosas um montante equivalente a 45 milhões de euros. A pessoa que forneceu a informação deverá receber mais de dois milhões por ter repassado a informação que levou a apreensão das notas.

Estratégia

Segundo o Governo, esta abordagem no combate à corrupção permitiu às autoridades recuperar nos últimos quatro meses 200 milhões de euros em notas de banco. Garba Abari, que dirige os serviços encarregados de dar a conhecer aos potenciais informadores esta nova estratégia para combater a corrupção afirma que "os nigerianos acolheram a nossa iniciativa com entusiasmo". 

Proteger e recompensar as informações como forma de diminuir ou mesmo acabar com o fenómeno da corrupção na Nigéria é também uma iniciativa aplaudida por Kolawale Banwo, que trabalha numa ONG que luta há muitos anos contra o desvio de dinheiros públicos no país.

Ouvir o áudio 02:34

Nigéria: Governo já recuperou 200 milhões de euros com medida anticorrupção

"Há muito tempo que defendemos a aplicação de uma estratégia do género, mas que a medida seja objeto de uma lei. Penso que não é da forma como essa luta é feita atualmente que poderemos realmente lutar contra a corrupção na Nigéria", argumenta.

Presidente estimula combate à corrupção

Recorde-se, que o Presidente em exercício Muhammadu Buhari fez-se eleger quando prometeu nomeadamente levar a cabo uma luta sem trégua contra a corrupção que atinge todos os setores do seu país, da política à economia, passando pelos serviços públicos.

Ele anunciou várias medidas neste sentido. Recentemente, quando os seus críticos o acusavam de apontar o dedo somente aos membros da oposição, Muhammadu Buhari ordenou a suspensão de dois altos funcionários da sua administração, acusados de desvios do herário público.

A agência anticorrupção anunciou na última terça-feira (25.04) que vai levar ao tribunal o médico pessoal do ex-Presidente Goodluck Jonathan, envolvido num caso de lavagem de capitais.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados