1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Nigéria em festa na tomada de posse do Presidente Buhari

Eleito a 28 de março, Muhammadu Buhari, 72 anos, tomou hoje (29.05) posse como Presidente da Nigéria. Foi a primeira vez que um opositor venceu um chefe de Estado cessante, tornando esta uma eleição histórica no país.

Muhammadu Buhari, 72 anos, subiu ao pódio com um Corão na mão direita, para jurar defender a Constituição e as leis do país mais densamente populado de África. Logo no início do seu discurso inaugural, retomou um tema perene da sua campanha eleitoral, ao rejeitar as suspeitas de que perseguirá agora os seus opositores políticos.

No início da década dos anos 80, o então general Buhari já por uma vez assumira a presidência, após um golpe de Estado que derrubou um Governo democraticamente eleito. Muitos dos seus críticos têm dificuldades em acreditar na transformação de ditador que governou com mão-de-ferro em democrata convicto.

Salvar as meninas de Chibok

Nigeria Proteste Chibok Mädchen

O novo Presidente promete nãopouparesforços para salvar as meninas raptadas deChibok

Em todo o caso, Buhari tem pela frente sérios desafios, como ele próprio reconheceu, entre os quais o mais urgente é a revolta islamista fundamentalista do movimento Boko Haram, que já custou a vida a milhares de nigerianos e forçou milhão e meio a abandonar as suas casas. O novo Presidente anunciou a transferência imediata do comando militar central de Abuja para a cidade de Maiduguri, capital do Estado federado de Borno, e um baluarte dos insurgentes, uma das partes do seu discurso mais aplaudidas pela assistência. Além disso, Buhari, que é muçulmano crente e praticante, prometeu: "Não consideraremos que derrotámos Boko Haam até resgatarmos as meninas raptadas de Chibok e todas as outras pessoas inocentes que se encontram nas mãos dos insurgentes. Este Governo fará tudo o que puder para as resgatar com vida".

O factor corrupção

Anschlag in Gombe, NIgeria 02.02.2015

Os nigerianos confiam na capacidade de Buhari de derrotar o Boko Haram

Para além do elevado desemprego jovem, a crise económica, e falhas graves no fornecimento de electricidade, o tema que mais preocupa os nigerianos é a corrupção endémica a todos os níveis do país. A reputação de incorruptível e as medidas drásticas anti-corrupção que tomou quando governou durante dois anos nos anos 80 do século passado, foram, aliás, um factor determinante na sua vitória eleitoral.

Também neste contexto, Buhari não dececionou no seu discurso de tomada de poder: "Embora o Governo central não possa interferir na administração regional e local, irei até onde a Constituição me permite, para assegurar o fim da corrupção a todos os níveis administrativos do país".

A esperança de um recomeço

Ouvir o áudio 02:37

Nigéria em festa na tomada de posse do Presidente Buhari

Nas ruas de Abuja o ambiente foi hoje de festa. Reina um ambiente de euforia e otimismo, e muitos nigerianos depositam grandes esperanças no seu novo Presidente. Este cidadão explica porquê: "Porque esta é uma nova oportunidade e um novo começo. Buhari é um homem honesto, sério e disciplinado".

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados