1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Nigéria: Balanço dos dois anos de Buhari

O Presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, completa nesta segunda-feira (29.05) dois anos no poder. Mas persistem dúvidas se ele será capaz de melhorar a situação económica do país nos dois anos restantes de seu mandato.

Há dois anos, e com grandes expetativas, os nigerianos votavam pela primeira vez na história do país por um novo Governo. As eleições de 2015 encerravam um período de 16 anos de domínio do Partido Democrático dos Povos. Elas anunciavam um recomeço para a Nigéria. 

Com a coligação de partidos da oposição, o APC, o Presidente Muhammad Buhari combateu a corrupção e o grupo terrorista Boko Haram. O antigo militar também renovou a produção de monocultura, que encontrou aos farrapos.

Boko Haram

Depois de dois anos do Governo Buhari, a Nigéria tem motivos para comemorar; acredita o ministro nigeriano da Informação e porta-voz do Governo, Lai Mohammed.

"Quando o Presidente Buhari tomou posse, a 29 de maio de 2015, dos 27 governos locais do país, 20 estavam sob comando do Boko Haram. Além de quatro em Adamawa e três em Yobe. Hoje, não há sequer um território nosso sob o controle deles", explica.

Ao ser eleito, o Presidente Buhari prometeu que faria de tudo para garantir que todas as raparigas sequestradas pelo Boko Haram fossem libertas e devolvidas às suas famílias.

Em menos de dois anos, garantiu-se a libertação de mais de 100 delas. "Se as pessoas observarem este fenómeno de insurreição e rapto de pessoas em todo o mundo, percebem que esta é uma realização muito notável", acrescenta o porta-voz do Governo, Lai Mohammed.

Corrupção

Além de restabelecer a paz no nordeste da Nigéria, uma área marcada pela presença do Boko Haram, o Governo da coligação APC empenhou-se em lutar contra a corrupção no país. Centenas de casos foram levados aos tribunais. Para alguns, a Nigéria está no rumo certo contra a recessão económica.

Para outros, entretanto, os problemas económicos ainda são um grande desafio. "Muitos não podem pagar as rendas de casa e outros sofrem para financiar os estudos e não conseguem alimentar a família. Essa é a realidade", explica a nigeriana Juliana Obolonye.

Sobre essa realidade, o nigeriano Chesa Chesa também tece suas críticas. "A inflação e o custo dos alimentos aumentam a cada dia que passa. Estamos em recessão. Entretanto, é verdade que os nigerianos se sentem mais seguros agora", desabafa.

Ouvir o áudio 02:27

Nigéria: Balanço dos dois anos de Buhari no poder

Elogios

Por outro lado, a luta do Presidente Buhari contra a corrupção rendeu elogios do cidadão nigeriano Peter Inalegwu para o qual o país, até então, estava profundamente afetado pela corrupção.

"Nós não sabíamos sobre a dimensão da corrupção neste país. Sejamos realistas. Agora, o Governo tem mostrado que a corrupção espalhou-se por toda a sociedade".

Os avanços do Governo Buhari foram alcançados com o vice-Presidente Yemi Osinbajo no poder. O Presidente esteve em tratamento médico durante mais da metade do seu mandato até agora. O analista político Garba Umar Kari, da Universidade de Abuja, acredita que o vice-Presidente Osinbajo desempenhou muito bem o seu papel.

"Desde dezembro do ano passado, até o momento, Buhari pronunciou-se muito pouco. Entretanto, em sua ausência, o vice-Presidente Yomi Osinbajo saiu-se muito bem. Ele tem sido capaz de garantir efetivamente os programas do Governo", diz.

 

 

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados