1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Mulheres de Manica apelam à paz em Moçambique

Em encontro com a primeira-dama da República de Moçambique, em Chimoio, grupo pede maior participação feminina nos processos de paz.

As mulheres da província de Manica, no centro de Moçambique, pediram nesta sexta-feira (23.10) maior espaço e protagonismo na agenda nacional pela paz, bem como equilíbrio de género nos cargos de direcção, chefia e confiança durante encontro com a primeira-dama da República, Isaura Nyusi, em Chimoio.

As mulheres de Manica consideram que a paz é condição fundamental para o desenvolvimento e a promoção do investimento nacional e estrangeiro.

"Gostaríamos de pedir aos intervenientes um envolvimento da mulher nos vários processos com vista a se garantir a manutenção deste bem precioso conquistado há mais de 20 anos", disse uma das discursantes.

Reagindo à mensagem das mulheres de Manica, Isaura Nyusi apelou para a necessidade de vigilância no seio das comunidades, visando denunciar aqueles que atentam a paz e procuram criar distúrbios no seio das populações.

"Direta ou indiretamente nós todos contribuímos para que a paz seja mesmo efetiva. O diálogo é chave para tudo. Pedimos para que haja diálogo. Queremos a paz e penso que em algum momento as pessoas vão entender que de facto é uma preocupação que todos temos", afirmou a primeira-dama.

Ouvir o áudio 02:32

Mulheres de Manica apelam à paz em Moçambique

Isaura Nyusi reiterou a necessidade de defesa e consolidação da unidade nacional, para evitar situações de ódio e intolerância entre os moçambicanos.

A primeira-dama da República, para além de orientar um comício popular, visitou projetos diversos, na sua maioria conduzidos por mulheres.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados