1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

MDM lidera em Nampula e população exige cumprimento de promessas

Segundo os dados provisórios divulgados pela CNE e pelo STAE, Mahamudo Amurane, do Movimento Democrático de Moçambique, lidera a contagem dos votos das autárquicas de Nampula. População já tem pedidos para o novo edil.

O combate à pobreza urbana, falta de água potável e emprego, respeito pelos vendedores ambulantes e melhoria de várias infra-estruturas sociais são apontadas como as prioridades a serem atacadas por Mahamudo Amurane, do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), que, de acordo com os resultados provisórios publicados esta terça-feira (03.12) pela Comissão Nacional de Eleições (CNE) e pelo Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE), está na liderança após as eleições autárquicas de 1 de dezembro, no município de Nampula, com 53,21%, depois de contados os votos de 301 de um total de 312 mesas.

Seguem-se Adolfo Siueia, da FRELIMO, com 41,68%, Filomena Mutoropa, do PAHUMO, com 4,20%, e Mario Albino, da ASSEMONA, com 0,86%.

Vox Pop Kommunalwahl in Nampula (Mosambik)

Ricardo João, funcionário público de Nampula

Cumprimento de promessas é principal exigência

Nurmomade Abacar, jovem desempregado e vendedor de rua, desafia o próximo edil a melhorar parques infantis, ruas degradadas e a cumprir as suas promessas aquando da "caça ao voto". "Muitas coisas que estamos aqui a ver na cidade não são reabilitadas", afirma este cidadão de Nampula, lembrando que os políticos prometem "melhorar, fazer isto, fazer aquilo, mas muitas coisas estão a estragar-se, como os parques e jardins onde brincávamos antigamente, porque estavam bonitos".

Nurmomade pede ao novo edil que organize os vendedores de rua e atribua credenciais para a sua identificação, sem, no entanto, lhes retirar a pouca mercadoria que vendem para sustentar as suas famílias, como acontece no atual mandato dirigido pelo economista Castro Sanfins Namuaca.

"Sofremos porque não estamos a vender em paz, a viver em paz. Pedimos que, quando ele entrar no poder, faça tudo o que o povo quer. O que costuma acontecer é os homens do nosso Conselho Municipal virem com carros e levarem as nossas mercadorias", conta.

Vox Pop Kommunalwahl in Nampula (Mosambik)

Rafael Omar, jornalista na delegação de Nampula da Rádio Moçambique

Ricardo João, de 34 anos, outro jovem e funcionário público de Nampula, quer ver as vias de acesso melhoradas, os bairros transitáveis e a população envolvida no processo de municipalização. "Espero que esta nova direção seja inclusiva e que não tome decisões apenas dentro do gabinete", afirma.

Água potável também deve ser prioridade de Amurane

Anapaula João Martinho, residente no bairro de Muahivire, considera que a água potável e a corrente eléctrica deverão ser as principais prioridades do futuro presidente do município de Nampula. "A água faz-nos falta. E queremos mais hospitais", diz.

Vox Pop Kommunalwahl in Nampula (Mosambik)

Anapaula João Martinho, residente em Nampula

Rafael Omar, jornalista da Rádio Moçambique, delegação de Nampula, disse que a única esperança que tem no novo candidato é que trabalhe bem e melhor, sobretudo no cumprimento do seu manifesto eleitoral. Omar falou da problemática da falta de água potável, corrupção e falta de emprego, que muitos não conseguem resolver.

"Espero que faça com que os problemas que existem até agora desapareçam", resume, lembrando que o Mahamudo Amurane "promete que vai resolver estes problemas, como a corrupção nas instituições, particularmente no Conselho Municipal e a transparência na atribuição de terrenos". "Esperamos que tudo isto seja cumprido e que não se fique pela campanha eleitoral, em que as pessoas prometem mas depois, quando chegam ao poder, esquecem que prometeram alguma coisa".

Ouvir o áudio 02:38

MDM lidera em Nampula e população exige cumprimento de promessas

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados