1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Guebuza diz que encontro Nyusi-Dhlakama foi "passo para a paz"

Ex-Presidente de Moçambique, Armando Guebuza, comenta o encontro entre o chefe de Estado, Filipe Nyusi, e o líder do maior partido da oposição, Afonso Dhlakama.

O antigo Presidente moçambicano Armando Guebuza considerou esta quarta-feira (09.08) que o encontro de domingo entre o chefe de Estado Filipe Nyusi e o líder da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO) foi um passo rumo a uma paz efetiva.

"Estão sendo dados passos em direção a uma paz efetiva no nosso país, queremos ver Moçambique em paz", declarou Armando Guebuza, aos jornalistas, após recensear o seu agregado familiar na sua residência em Maputo, no âmbito do IV Recenseamento Geral da População e Habitação.

Mosambik Treffen Nyusi und Dhlakama in Gorongosa

Encontro entre Presidente moçambicano Filipe Nyusi (esq.) e líder da RENAMO Afonso Dhlakama no domingo, 6 de agosto

Armando Guebuza acrescentou que o chefe de Estado e Afonso Dhlakama devem ser encorajados para que o país viva em tranquilidade.

"Encorajamos e esperamos que, no mais curto espaço de tempo, possamos viver cada vez mais tranquilos", afirmou Guebuza, que esteve na Presidência entre 2005 e 2015.

Filipe Nyusi e Afonso Dhlakama encontraram-se no domingo para dar impulso às negociações para restaurar a estabilidade política. Durante o encontro, os líderes "discutiram e acordaram sobre os próximos passos no processo de paz, que esperam que seja concluído até finais do ano", segundo um comunicado da Presidência moçambicana.

Apesar do Acordo Geral de Paz de 1992, Moçambique tem conhecido surtos de violência política e militar depois de a RENAMO ter recusado reconhecer a vitória da Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO) nas eleições.

Leia mais