Final da Liga Europa: Olympique de Marselha x Atlético de Madrid | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 16.05.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Final da Liga Europa: Olympique de Marselha x Atlético de Madrid

É a terceira final da prova para ambas as equipas. Franceses nunca venceram. Atlético tenta a terceira conquista.

default

Quem levará a tão desejada taça da Liga Europa para casa? Olympique de Marselha ou Atlético de Madrid?

Olympique de Marselha e Atlético de Madrid vão disputar a final da Liga Europa, esta quarta-feira (16.05), em Lyon. Os franceses nunca venceram a prova, enquanto que os "colchoneros" já conquistaram o troféu em duas ocasiões.

Frankreich Das Stadion von Lyon

O "Stade de Lyon" vai receber a final de 16 de Maio, em Lyon

Atlético de Madrid 

Percurso até à final

Depois de ter terminado a Liga Espanhola em terceiro lugar, o Atlético de Madrid garantiu uma entrada direta na Liga dos Campeões desta temporada. Os "colchoneros" caíram no Grupo C (Chelsea, AS Roma e Karabakh), em que teoricamente eram favoritos a um lugar nos oitavos de final da "Champions". A equipa de Diego Simeone ficou aquém das expetativas e ficou-se pelo terceiro lugar, remetido para a Liga Europa.

Nos 16 avos-de-final, o Atlético de Madrid teve pela frente o bicampeão dinamarquês, Copenhaga. Os espanhóis despacharam os dinamarqueses com um agregado total de 5-1.

UEFA Europa League 2017/18 Halbfinale | Atletico Madrid vs. FC Arsenal | TOR Madrid

Diego Costa picou o passaporte dos "colchoneros" para a final

Na eliminatória seguinte, sucedeu-se o confronto com o Sporting Clube de Portugal. Apesar de uma vitória por 2-0 na 1ª mão, a visita a Alvalade não foi fácil e o "Atléti" perdeu o jogo por 1-0, aguentando a vantagem do primeiro jogo, e por consequência, apurando-se para a meia-final da Liga Europa, onde viria a disputar uma "final antecipada".

Vinha daí o Arsenal, de Arsène Wenger. Sem nada por lutar no campeonato inglês, impossibilitado de chegar à Liga dos Campeões do próximo ano, a única oportunidade de sonhar com a "Champions" seria ganhar a Liga Europa.

Fußball Champions League Finale Atletico Madrid v Real Madrid Simeone

Diego Simeone: Treinador do Atlético de Madrid

Na 1ª mão, o Atlético arrancou a ferros um empate 1-1 em Inglaterra, depois de Simeone e o defesa croata, Šime Vrsaljko, terem recebido ordem de expulsão muito cedo na partida. Em Madrid, no Wanda Metropolitano, os "colchoneros" venceram 1-0 e garantiram um lugar na final da Liga Europa, pela 3ª vez na história do clube. O Atlético de Madrid já venceu por duas vezes a prova (2010 e 2012).

Obreiros

São cinco finais europeias em seis anos para Diego Simeone à frente do Atlético de Madrid. "El chulo" comanda a equipa espanhola desde 2011/2012. No ano de estreia, venceu a Liga Europa e a Supertaça Europeia. Depois, seguiram-se duas finais da Liga dos Campeões, em 2014 e 2016, ambas perdidas para o rival da capital espanhola, Real Madrid. Este ano será a 2ª final da Liga Europa para Simeone.

UEFA Europa League 2017/18 Halbfinale | Atletico Madrid vs. FC Arsenal

Antoine Griezmann: Avançado do Atlético de Madrid

Antoine Griezmann

É a principal figura do Atlético de Madrid. O avançado francês de 27 anos leva 27 golos e 14 assistências em 46 jogos esta época. Números que dão vida e provam o papel determinante que Griezmann tem na manobra ofensiva da equipa espanhola. Há muito que é "namorado" por outros tubarões europeus, como os rivais Barcelona e Real Madrid. Em ano de Mundial, veremos se o francês fará o contrato de uma vida.

Olympique de Marselha

Percurso até à final

O caminho do Marselha até à final de Lyon começou no Grupo I, juntamente com o RB Salzburgo, Konyaspor e Vitória de Guimarães. Os franceses apuraram-se em segundo lugar, atrás do Salzburgo, equipa que viria a encontrar no último obstáculo antes da grande final.

Nos 16 avos-de-final, o Marselha encontrou o Sporting de Braga. Os franceses foram mais fortes e praticamente carimbaram a vitória na eliminatória, depois de um triunfo redundante por 3-0, em casa. A derrota na Pedreira, na 2ª mão, não atrapalhou e o Marselha seguiu em frente. Seguiu-se o Atlético de Bilbao. O Marselha venceu a primeira mão em casa, por 3-1, e viria novamente a vencer o jogo, desta feita em Espanha, por 1-2, somando um agregado total de 5-2.

Europa League Red Bull Salzburg gegen Marseille

Rolando foi o herói da meia-final frente ao RB Salzburgo

Os quartos de final ditaram um duelo com o RB Leipzig. Os vice-campeões alemães venceram o primeiro jogo, na Red Bull Arena, por 1-0. No entanto, o Marselha fez uma grande exibição em casa - a melhor da época - e goleou os alemães por 5-2, com 5-3 no agregado final.

Faltava apenas uma eliminatória antes da final, que se disputava na "casa" de um rival no futebol francês, o Lyon. Para além desse aliciante, o último obstáculo foi o RB Salzburgo, equipa austríaca que tinha vencido o Grupo I, remetendo o Marselha para segundo lugar. A primeira mão disputou-se em Marselha, onde os franceses conseguiram uma vantagem importante, por 2-0. No entanto, os austríacos não se encolheram e empataram a eliminatória em casa, levando a decisão para o prolongamento. Nos 30 minutos complementares, o Marselha foi mais feliz, graças a um herói luso.

Rolando, ao minuto 116, garantiu a terceira final da Liga Europa para o Marselha, depois das finais de 1999 e 2004 (antiga Taça UEFA), ambas perdidas.

Rudi Garcia

Rudi Garcia: Treinador do Olimpique de Marselha

Obreiros

Mais do que um treinador, um "team manager". No segundo ano ao serviço do clube francês, Rudi Garcia decidiu apostar forte na Liga Europa e foi recompensado. O técnico, que foi campeão pelo Lille em 2009, conseguiu contratações cirúrgicas para o plantel.

Para o setor defensivo fez regressar o guardião Mandanda, um símbolo do clube francês e comprou o defesa Rami ao Sevilha. Para um meio-campo mais robusto conseguiu trazer o brasileiro Luiz Gustavo e promoveu à equipa sénior o jovem Boubacar Kamara. No último terço ofensivo, conseguiu retirar o melhor de Payet, que duplicou os seus números de golos e assistências, relativamente à época passada, e contratou jogadores como Mitroglou e Thauvin, sem esquecer a experiência de Germain, campeão pelo Mónaco no ano passado. 

Mais do que contratar, comprou as peças para completar o seu puzzle e soube encaixá-las nas posições certas. Para além da final da Liga Europa, o Marselha ainda disputa o terceiro lugar da Liga Francesa (Ligue 1), vaga que dá acesso ao play-off à Liga dos Canpeões da próxima temporada. Caso não o consiga, terá de vencer a Liga Europa e, dessa forma, entrará na prova milionária.

Fußball Europa League Marseille - Salzburg

Dimitri Payet: Jogador com mais assistências na prova (7)

É a principal estrela e o "joker" do Marselha: Dimitri Payet leva esta época números de um verdadeiro "playmaker". Em 46 jogos, o francês marcou 10 golos e assistiu os colegas 24 vezes. É inclusive o jogador com mais assistências na Liga Europa, com 7 no total. Em ano de Mundial na Rússia, Dimitri Payet deverá ser um dos indispensáveis de Didier Deschamps, depois de ter também brilhado no Europeu de 2016.

Leia mais