1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

São Tomé e Príncipe

Evaristo Carvalho na corrida à Presidência são-tomense

O candidato do partido no poder diz-se pronto para "acabar ou minimizar as crónicas intrigas e querelas políticas" em São Tomé e Príncipe. Tem pela frente adversários de peso nas presidenciais de 17 de julho.

Evaristo Carvalho garante ser o candidato ideal à Presidência da República são-tomense. O vice-presidente do partido no poder, a Ação Democrática Independente (ADI), e deputado à Assembleia Nacional, diz que conhece bem a política do país e assume-se como um "homem de diálogo".

"Eu quero dar o meu contributo para acabar ou minimizar as crónicas intrigas e querelas políticas", anunciou Carvalho durante a apresentação da sua candidatura à Presidência, na terça-feira (25.05). "Durante os 25 anos de democracia, São Tomé e Príncipe conheceu infelizmente quinze primeiros-ministros por causa de crises cíclicas institucionais."

Ouvir o áudio 03:32

Evaristo Carvalho na corrida à Presidência são-tomense

Essa instabilidade política é um entrave ao progresso, recordou o candidato presidencial, de 75 anos de idade: "Num país de economia frágil como o nosso, a coesão política é a condição 'sine qua non' para a sua afirmação e desenvolvimento."

Evaristo Carvalho já foi duas vezes primeiro-ministro (em 1994 e entre o final de 2001 e início de 2002). Foi ainda ministro da Defesa e Ordem Interna.

Levy Nazaré, secretário-geral da ADI, também considera que a candidatura do seu colega de partido assegurará "a estabilidade política e social de que o país precisa."

"Esta é uma candidatura para garantir o cumprimento da Constituição da República, que não vimos assistindo", afirma Nazaré.

Manuel Pinto da Costa

Um dos adversários de Evaristo Carvalho nas presidenciais é o atual chefe de Estado, Manuel Pinto da Costa

Opositores de peso

Mas Evaristo Carvalho enfrentará uma oposição de peso nas eleições presidenciais marcadas para 17 de julho. Até agora, outros dois candidatos confirmaram a intenção de concorrer à Presidência: o atual Presidente, Manuel Pinto da Costa, e Maria das Neves.

A ex-primeira-ministra são-tomense (entre 2002 e 2004) entra na corrida pela segunda vez consecutiva. Em 2011, candidatou-se à Presidência na qualidade de independente. Desta vez, conta com o apoio do maior partido na oposição, o Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe - Partido Social Democrata (MLSTP-PSD).

Maria das Neves, de 58 anos, é atualmente deputada e vice-presidente da Assembleia Nacional, consultora do Banco Central, administradora suplente de São Tomé e Príncipe no Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e professora de Economia na Universidade Lusíada de São Tomé.

Manuel Pinto da Costa é o outro candidato. O atual Presidente de São Tomé e Príncipe, de 78 anos, formou-se em Economia na Universidade de Leipzig, na antiga Alemanha Oriental. Manuel Pinto da Costa concorre agora ao segundo mandato consecutivo.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados