1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Escolas da Zambézia precisam de ajuda

Cerca de 800 mil alunos moçambicanos estudam ao ar livre porque as salas de aula foram destruídas pelas cheias do início de 2015. Agora, o setor da educação na província da Zambézia procura parceiros para sanar os danos.

É crítica a atual situação das salas de aula nas escolas da Zambézia, no centro de Moçambique. Em várias escolas, as inundações do início do ano deixaram vários aposentos destruídos e segundo o diretor provincial do setor da Educação, Armindo Primeiro, não há previsão para soluções.

Para a reconstrução, é preciso encontrar parceiros que financiem as despesas avaliadas em 157 milhões de meticais, o equivalente a quase 4,1 milhões de dólares. "O Governo sozinho não tem condições para arcar com esse valor", explica Armindo Primeiro.

Ouvir o áudio 02:25

Escolas da Zambézia precisam de ajuda

O titular da pasta disse ainda que sua instituição, além de estar desprovida de recursos financeiros para reconstruir as salas de aulas, carece também de apoios em material escolar.

"Há necessidade de encontrar abrigo para esses alunos. Estão a estudar em condições difíceis. A ideia de compartilhar a informação é colher alguma sensibilidade da parte dos parceiros e vermos estratégias de intervenção", complementa a autoridade do setor da Educação.

Esforço sem medida

Muitas escolas primárias e secundárias da região sul e centro da Zambézia enfrentam problemas de reabilitação. Algumas estão até até a ser reconstruídas pelos próprios pais de alunos e encarregados da Educação, usando material precário.

Maumede Hibraimo, porta-voz da Direção da Educação da Zambézia, conta que a falta de recursos financeiros é o principal problema e que atualmente dependem exclusivamente de doações. "Temos cerca de 30 mil alunos que já estão a frequentar as aulas em salas repostas. Isso quer dizer que os restantes estão a estudar em salas precárias ou ao relento".

Segundo o porta-voz, a direção não está de braços cruzados, mas a mobilizar recursos para encontrar meios para minimizar o sofrimento das crianças. As inundações provocaram estragos em toda a província da Zambézia.

Mosambik Überschwemmungen

Autoridades procuram recursos para minimizar o sofrimento das crianças

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados