1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Escola de samba de São Paulo conta a história de Moçambique

A história de Moçambique é este ano um dos temas da maior festa popular brasileira. A escola de samba Nenê de Vila Matilde, de São Paulo, desfila no Carnaval 2015 com um enredo baseado na lenda do baobá sagrado.

Começa oficialmente esta sexta-feira (13.02) a maior festa popular do Brasil: o Carnaval. Em 2015, "o maior espetáculo da terra", como é chamado no país o desfile das escolas de samba, tem entre os temas a história de Moçambique.

"Pegamos na lenda do baobá sagrado [árvore de grande porte também conhecida como imbondeiro] e contamos todos os séculos de história de Moçambique através desta lenda", conta Pedro Alexandre, conhecido como Magoo, carnavalesco da Nenê de Vila Matilde, uma das mais tradicionais escolas de samba de São Paulo.

Karneval 2015 in Sao Paulo Ines Castro

A moçambicana Inês Castro é um dos destaques da escola Nenê de Vila Matilde no Carnaval 2015

Para reforçar o desfile, a Nenê de Vila Matilde conta com um reforço importante. Há oito meses no Brasil, a moçambicana Inês Castro, uma jovem de 25 anos natural de Maputo, é um dos destaques da escola no Carnaval 2015.

Até agora, a jovem moçambicana só conhecia o carnaval brasileiro "que via pela televisão". Quando uma amiga brasileira lhe falou da homenagem a Moçambique, Inês Castro decidiu aparecer na escola de samba para saber mais.

O sorriso dos moçambicanos

A sambista Leci Brandão, especialista em Carnaval, também aprova a produção. "Vão fazer uma coisa mais voltada até para a tecnologia que existe em Moçambique, vinda da China", adianta.

Karneval 2015 in Sao Paulo

O baobá está representado no primeiro carro alegórico da escola

Além disso, "vão falar sobre agronegócio, mas vão contar, evidentemente, toda a questão que da invasão que houve em Moçambique, de tudo que foi tirado de lá", explica a especialista.

Mas a grande aposta do carnavalesco Magoo é outra: "O sorriso do povo moçambicano. Porque apesar das adversidades, eles nunca baixam a cabeça. Não é um povo triste, pelo contrário, vive sorrindo."

Se depender da animação de Inês Castro e da torcida que ela já organizou em Moçambique, o carnaval brasileiro já tem um vencedor. "Toda a gente está à espera da minha entrevista. De me ver, de ter orgulho. Estão a torcer para que a escola Nenê de Vila Matilde ganhe."

Ouvir o áudio 04:04

Escola de samba de São Paulo conta a história de Moçambique

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados