1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

São Tomé e Príncipe

Em STP, Trovoada luta por maioria absoluta

Desde que retornou a São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, candidato a primeiro-ministro pela ADI, mobiliza-se para alcançar maioria absoluta nas eleições a 12 de outubro. Começou por fazer uma campanha porta a porta.

A bordo de um jato privado, proveniente de Portugal via Angola, Patrice Trovoada, candidato a primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe pelo partido de oposição Acção Democrática Independente (ADI), desembarcou em São Tomé, na última sexta-feira (03.10), acompanhado de quatro deputados portugueses.

Mário Ruivo e João Portugal, do Partido Socialista (PS); Nuno Serra, do Partido Social Democrata (PSD); e José Ribeiro e Castro, do Centro Democrático e Social – Partido Popular (CDS-PP), voaram com Patrice Trovoada até o país africano.

O filho do ex-Presidente da República, Miguel Trovoada, foi recebido num clima de euforia por milhares de santomenses, militantes e simpatizantes de seu partido, no aeroporto internacional de São Tomé.

Sao Tome Portugal Patrice Trovoada

O candidato a primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe pela ADI, Patrice Trovoada, ao chegar ao país

"É muita emoção, muita alegria," declarou o líder do partido, ainda no aeroporto. Escoltado por de dezenas de seguranças, ao romper a porta da sala VIP, saudou de forma especial a multidão, subiu em cima da carrinha e abriu os braços, para delírio de inúmeros populares.

Recepção calorosa

Trovoada escolheu os distritos determinantes na vitória - Água Grande, Mé-Zóchi e Lobata – para fazer campanha porta a porta.

Um homem que acompanhou a chegada de Trovoada, afirmou receber o político "com grande honra e satisfação em ver um filho santomense que uma meia dúzia de elementos menosprezaram e que hoje regressou à sua terra natal para ver seu povo feliz."

Sao Tome Portugal Patrice Trovoada

Santomenses recebem Trovoada com palavras de apoio

"É um momento de alegria e satisfação e vamos ganhar com maioria absoluta," declarou um outro militante da ADI.

Uma mulher veio com outros populares de Caué para recepcionar Patrice Trovoada. Mesmo sem ter visto o candidato da ADI, ela se disse satisfeita. "O povo vai mandar nas urnas," completou.

O líder da ADI, deslocou-se do aeroporto ao centro da cidade de São Tomé, a pé no meio da multidão.

Mais tarde, no comício na Praça Geovâni, abarrotada de gente, Trovoada disse que chegou a hora dos santomenses fazerem a mudança.

Sao Tome Portugal Patrice Trovoada

Os deputados portugueses que acompanharam Trovoada na viagem de retorno a STP. Da esquerda para a direita, Nuno Serra (PSD), João Portugal (PS); e José Ribeiro e Castro, (CDS-PP)

"Nós estamos com 23 anos, 20 governos. Não é possível, não é possível trabalharmos assim. Se o povo santomense não der maioria absoluta, vamos continuar na mesma, com os mesmos. É isso o que vocês querem? Estão satisfeitos com o governo?" perguntou o político.

Diante da resposta negativa dos populares, disparou: "Então, vocês têm que muda no dia 12 de outubro."

Promessas de campanha

Falando perante milhares pessoas, Trovoada reconheceu que estas eleições serão difíceis e pediu maioria absoluta no dia 12 de outubro, quando são chamados às urnas cerca de 80 mil eleitores.

"Vocês só têm uma arma, disseram isso. Vocês só podem falar no momento do voto. Então, no momento do voto, toda a gente tem que agir com consciência e determinação," clamou.

Ouvir o áudio 03:24

Em STP, Trovoada luta por maioria absoluta

Patrice Trovoada promete vida melhor aos santomenses e até mesmo internet gratuita. O presidente da ADI assegurou que a juventude esta no centro de sua agenda.

"Pusemos 3G quando estávamos no governo. Agora, vamos pôr internet gratuita para a juventude poder navegar, para vocês poderem estar no mundo," prometeu.

Patrice Trovoada garantiu ainda que seu partido, Acção Democrática Independente, está preparado para vencer e estar na oposição. Sobre a coabitação com o Presidente da República, Manuel Pinto da Costa, em caso de vitória, Trovoada declarou: "Temos uma Constituição e nós temos instituições, por conseguinte, não somos só pessoas. Em nome da representação nacional, nós devemos respeitar a lei e todas as instituições."

Sao Tome Portugal Patrice Trovoada

Milhares acompanharam o discurso de Patrice Trovoada em seu retorno a STP, na última sexta-feira (03.10)

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados