1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Em Moçambique UNICEF e músicos juntam-se em prol da criança

Em Moçambique a UNICEF usa música para contribuir para o desenvolvimento da criança nas diversas áreas. Vários músicos foram chamados para ajudar nesta tarefa. Agora as suas vozes e mensagens devem correr o país.

default

"Casa de Espera" em Gorongosa, Moçambique

O novo CD, produzido pela UNICEF, o Fundo da ONU para a Infância, e pelo Ministério da Saúde de Moçambique, é baseado no Manual Saúde e Vida - um guia de boas práticas de saúde e nutrição para crianças. O nome sonante responsável pelo álbum é Stewart Sukuma, cujo papel de embaixador da boa vontade da UNICEF Moçambique o levou à coordenação musical do projecto.

O músico considera que Saúde e Vida é um manual indispensável e incontornável na educação e crescimento da criança.

“Era preciso, de alguma forma, fazer com que essa informação chegasse às pessoas de uma forma suave, bonita, melódica, divertida. Então sentamo-nos e pensamos em transformar o manual Saúde e Vida em músicas”, explica Sukuma.

O resultado, dois anos depois, são 16 faixas originais, de vários géneros musicais, que incluem alguns dos nomes mais importantes da música moçambicana como Mingas, Valdemiro José, Neyma e Yolanda Kakana.

Frühe Hochzeit in Mosambik

Mulheres discutem casamento precoce na província de Nampula

Mensagens bem pensadas

O que parece unir todo o álbum são letras muito diretas, que falam de temas sociais, de educação e saúde - como o casamento e a gravidez precoce, a nutrição das crianças, a transmissão do HIV/SIDA, a prevenção da malária. Também podem ser encontradas faixas abordando questões ambientais como as mudanças climáticas e desastres naturais.

Sukuma diz que as letras foram, de facto, a parte mais difícil da produção. "O Ministério da Saúde e a UNICEF enviavam-nos dados técnicos, palavras e mensagens que não deviam ser esquecidas nunca e a forma como elas deviam ser ditas", relata o cantor.

Mas não foi tão fácil: "Os músicos estavam um bocadinho mais liberais e queriam escrever letras que fossem facilmente entendidas e se calhar até descurando um bocadinho a parte técnica do manual."

"Mas chegamos a um ponto em que conciliamos e harmonizamos as três ideias: as dos músicos, do Ministério da Saúde e da UNICEF", conclui Stewart Sukuma.

Para acompanhar o lançamento do álbum foi feito um concerto de cinco horas no Centro Cultural Franco-Moçambicano, grátis e aberto ao público, que contou com a presença de todos os músicos do álbum.

Laurinda Jose aus Mosambik

Laurinda José com 14 anos de idade já era mãe

Músicas percorrem Moçambique

O representante da UNICEF no país, Koen Vanormelingen conta que o concerto foi memorável. “A sala estava cheia, ao ponto que tivemos que pedir à gente de não chegar mais, porque estava totalmente ocupado o espaço", disse.

Koen Vanormelingen afirma que a participação de todos os músicos é muito simpática. "Eu acho que é apenas um lançamento, porque o concerto foi uma boa oportunidade para todos os músicos. [Nós optamos por] fazer um live porque não foi voice over, foi realmente um concerto ao vivo."

O representante da UNICEF em Maputo conta também que o concerto foi gravado pela Televisão de Moçambique e poderá servir para difusão ulterior.

O sucesso tem sido tal que a UNICEF em Moçambique está a planear uma tour pelas províncias do país para que a mensagem não fique reduzida a um CD ou limitada a Maputo.

O álbum é grátis, tal como foi o concerto, para que possa chegar ao maior número de pessoas. Para isso, a UNICEF também o está a distribuir para utilização pelos seus parceiros pelo país, incluindo organizações parceiras e rádios comunitárias, comerciais e canais televisivos.

O álbum está disponível para pedido e para download gratuitamente no site da UNICEF Moçambique.

Ouvir o áudio 03:27

Em Moçambique UNICEF e músicos juntam-se em prol da criança

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados