1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

DW premeia jovens jornalistas do Quénia

Foram anunciados os vencedores do prémio de jornalismo "Heróis de Hoje", organizado pela Deutsche Welle em parceria com o Standard Group, um dos maiores grupos de comunicação social do Quénia.

default

Jonathan Masongo, o grande vencedor do prémio de jornalismo da DW

Jonathan Masongo foi o grande vencedor da competição de jornalismo. O estudante queniano de Média e Comunicação, no quarto ano da licenciatura, é o autor de um projeto de vídeo sobre James Wakibia, um herói desconhecido.

"Foi um colega que me alertou para o prémio de jornalismo 'Heróis de Hoje'. Quando soube, decidi fazer um vídeo sobre James Wakibia, que é um ativista, jornalista e fotógrafo. Quando terminei, enviei-o para a DW e fiquei entre os três finalistas. Agora, recebi este prémio – que é uma viagem à Alemanha", conta Jonathan.

Local Heroes Competition Nairobi Carolyne Chepkoech

Jovem jornalista queniana, Carolyne Chepkoech Bii

Entre os vencedores está também Carolyne Chepkoech Bii, que produziu a melhor peça de rádio e foi para casa com um gravador de voz profissional. A jovem queniana nem precisou de sair da redação para escrever uma história sobre o seu herói.

"Escrevi sobre a pessoa que conheci no momento em que entrei na redação e que me ajudou a tomar a decisão de seguir a carreira de jornalismo. Foi a pessoa que me ensinou a contar histórias com impacto."

Noite de jovens talentos

Na cerimónia de entrega dos prémios, o diretor-geral da Deutsche Welle reconheceu o esforço dos jovens jornalistas no Quénia.

Local Heroes Competition Nairobi

Peter Limbourg, diretor-geral da DW, durante a entrega dos prémios de jornalismo em Nairobi

"Esta noite, fiquei realmente impressionado ao ver tantos jovens jornalistas talentosos e dedicados, com trabalhos tão bons", afirmou Peter Limbourg. "Creio que devemos continuar com esta competição. Não sei com que frequência ou em que países, mas esta ideia de apresentar ao mundo os heróis de hoje, através de jornalistas-heróis locais, é uma boa ideia."

A competição coincide com o lançamento de um novo canal de televisão da DW em inglês, com um segmento especial dedicado a notícias e eventos regionais.

"É uma mudança de estratégia da Deutsche Welle, queremos apostar mais nas regiões e atrair mais espectadores africanos com o nosso canal em inglês", disse ainda o diretor-geral da emissora internacional alemã.

A competição de jornalismo só foi possível através de uma parceria entre a Deutsche Welle e o Standard Group, um dos maiores grupos de comunicação social do Quénia. A parceria poderá servir de modelo a cooperações noutros mercados africanos.

Ouvir o áudio 02:29

DW premeia jovens jornalistas do Quénia

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados