1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

CAN 2015 terá lugar na Guiné-Equatorial

Marrocos tinha proposto, em alternativa, acolher o CAN em 2016, devido à preocupação suscitada pela edpidemia do ébola que afeta a África Ocidental.

Em substituição de Marrocos, a Guiné-Equatorial vai organizar de 17 de janeiro a 8 de fevereiro a Copa de África das Nações (CAN) 2015. A preocupação suscitada pela epidemia do ébola na África Ocidental fez com que Rabat apresentasse como alternativa acolher o CAN em 2016.

CAF-Präsident Issa Hayatou in Marokko

Issa Hayatou presidente da CAF

O presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), Issa Hayatou, agradeceu esta sexta-feira (14.11) ao presidente da Guiné-Equatorial, Teodoro Obiang Nguema, por ter “aceite organizar” o CAN 2015 “a dois meses” do grande acontecimento desportivo africano, destacou o presidente da CAF numa conferência de imprensa em Malabo.

A edição 2015 do CAN, na qual irão participar 16 seleções africanas de futebol, decorrerá de 17 de janeiro a 8 de fevereiro e o sorteio dos jogos terá lugar no próximo dia 3 de dezembro em Malabo.

A Guiné-Equatorial, eliminada na fase preliminar, vai agora substituir Marrocos enquanto país hóspede.

Recorde-se que o pequeno país da África Equatorial, membro da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa) e rico em petróleo, co-organizou com o Gabão o CAN 2012.

As autoridades da Guiné-Equatorial são fortemente criticadas pelas organizações não-governamentais por não respeitarem os direitos humanos e pela corrupção.

Äquatorialguinea Präsident Teodoro Obiang Nguema

A Guiné Equatorial, país liderado desde 1979 por Teodoro Obiang e cuja língua predominante é o espanhol, tornou-se o nono membro da CPLP a 29 julho deste ano, depois de dez anos de aproximação ao bloco lusófono.

A entrada da Guiné-Equatorial na CPLP esteve sempre condicionada ao cumprimento de um roteiro que incluía a abolição da pena de morte e a adoção do português como língua oficial.

Tubarões Azuis querem liderar Grupo F

Fußball Nationalmannschaft Kapverden

Tubarões Azuis - Cabo Verde

Cabo Verde, já apurado para a fase final da Taça das Nações Africanas (CAN) recebe no sábado (15.11) o Níger, na quinta e penúltima jornada do Grupo F, e uma vitória garantirá o primeiro lugar na "poule".

Se vencer, Cabo Verde, que tem nove pontos, seguido por Moçambique e Zâmbia, ambos com cinco, e pelo Níger, com dois, obterá imediatamente o estatuto de cabeça de série para o sorteio da fase final da prova.

Com dois pontos e, como tal, no último lugar do Grupo F, o Níger ainda não está totalmente arredado do apuramento, necessitando, porém, de vencer no sábado na Cidade da Praia, esperar um empate entre moçambicanos e zambianos, e vencer na receção a Moçambique, dia 19.

No entanto, o Níger, cujo selecionador, o técnico alemão Gernot Rohr, se demitiu a 21 de outubro, terá também de esperar que Cabo Verde, com nove pontos, vá a Lusaca, também no dia 19, e vencer a Zâmbia na última jornada.

Se essas previsões se concretizarem, o Níger ficaria com oito pontos, contra seis dos moçambicanos e zambianos e 12 dos cabo-verdianos.

Moçambique quer vencer a Zâmbia

Afrika Cup Sambia gegen Elfenbeinküste Christopher Katongo

Zâmbia - CAN 2012

A seleção moçambicana de futebol defronta também no sábado (15.11) a Zâmbia, em jogo da penúltima jornada de qualificação para CAN 2015, descrito pela imprensa moçambicana como "jogo do ano" e de "vingança" para os zambianos, pela morte (28.10) do Presidente da República, Michael Sata.

Numa partida em que apenas a vitória interessa às duas equipas, os "mambas", com cinco pontos em quatro jogos no Grupo F, vão tentar quebrar superar a "maldição" de nunca terem vencido a Zâmbia em competições oficiais.

O combinado moçambicano precisa de triunfar no Estádio Nacional do Zimpeto ante a Zâmbia, que também soma cinco pontos em quatro jogos, para não ter de esperar que o seu adversário de sábado perca na última jornada em Lusaka frente à seleção já qualificada de Cabo Verde, com nove pontos, e tenha de forçosamente de ganhar, no dia 19, ao Níger, em Niamey, o último com apenas dois pontos e já afastada da corrida.


Leia mais