1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Camarões vencem CAN 2017

Os "Leões Indomáveis" derrotaram o Egito por 2-1, na final do Campeonato Africano das Nações, este domingo (05.02), em Libreville, no Gabão. Nos Camarões, Youndé foi palco de festejos.

A inesperada vitória dos Camarões na final do Campeonato Africano das Nações Africanas (CAN) 2017 deixou os torcedores eufóricos em Libreville.

"Estamos muito felizes. Ninguém gosta de nós, ninguém esperava. É muita felicidade, conquistámos o impossível. Pensaram que o futebol camaronês estava morto, mas estamos aqui!", disse entusiasmado um adepto camaronês. "Somos campeões africanos, somos muito fortes. Agora teremos a Copa do Mundo", acrescentou outro adepto.

Contra todas as expectativas, os "Leões Indomáveis" derrotaram o Egito na final, por 2 a 1, conquistando o quinto título do país na Taça das Nações Africanas. 

No Estádio da Amizade, na capital do Gabão, Libreville, o Egito abriu o placar aos 22 minutos, com golo de Mohamed El Neny. Nicolas Nkoulou empatou para os Camarões, aos 59, e Vincent Aboubakar consumou a reviravolta aos 88 minutos.

African Cup of Nations Ägypten gegen Kamerun | Fans Kamerun

Adeptos camaroneses festejaram no Estádio da Amizade, em Libreville

Até o fã mais ávido não poderia acreditar que a equipa venceria. "Depois do jogo, mostrámos que somos amigos, como uma família. Mostrámos que somos uma ótima equipe e isso é maravilhoso", afirmou o jogador camaronês Arnaud Djoum.

Apesar da derrota, o Egito continua a ser recordista de vitórias da principal competição africana, com sete títulos.

O jogador egípcio Sherif Ekramy considera que a equipa tem objetivos ainda mais desafiadores para conquistar: “Parabenizamos os Camarões pelo troféu. Temos uma ambição maior que é juntar-nos às equipas da Copa do Mundo e trabalhar duro para atingir essa meta".

Sete jogadores da equipa nacional dos Camarões convocados pelo selecionador Hugo Broos em dezembro tinham recusado a oferta. Com uma equipa incerta em campo, Vincent Aboubakar foi o herói improvável da partida.

"Como um sonho"

Ouvir o áudio 02:12

Camarões vencem CAN 2017

A capital política camaromesa, Yaoundé, foi palco de festejos. Muitas pessoas saíram à rua com panelas e os bares ficaram repletos para celebrar a primeria vitória da seleção camaronesa em 15 anos. "É como um sonho, não só para os Camarões, mas para toda a África Central, que não tinha muitos representantes nesta competição", disse um apoiante, Charly Alain Ndjepel, em Youndé.

O selecionador Hugo Broos "é um mágico que conseguiu unir o grupo" afirmou outro camaronês, Michael  Ngadeu.

Esse é o primeiro troféu dos Camarões no campeonato africano desde 2002. Foi a quinta conquista na história dos "Leões Indomáveis" que, assim, passam a ser o segundo país com mais títulos na CAN.

Assistir ao vídeo 00:44

CAN2017: O veterano do Egito

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados