1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cabo Verde

Cabo Verde triplica investimento na maior feira de turismo do mundo

Na Feira Internacional de Turismo de Berlim, que decorre até domingo (09.03), este ano Angola ficou fora do pavilhão África, São Tomé e Príncipe chega com a nova diretora de Turismo e Cabo Verde triplicou investimento.

Nos stands africanos na Feira Internacional de Turismo de Berlim (ITB) são reproduzidas as tradições e belezas dos países. As imagens das praias paradisíacas de Cabo Verde convidam para férias à beira mar. Este ano, o país triplicou o investimento para a participação na maior feira de turismo do mundo.

“Ao longo do ano temos, por exemplo, promoções que fazemos e campanhas online de relações públicas. E a participação nesta feira é a cereja em cima do bolo”, já que permite encontrar clientela que “vai abrir novas portas para Cabo Verde”, afirma o administrador-executivo da Cabo Verde Investimentos, Nuno Martins.

Ouvir o áudio 03:43

Cabo Verde triplica investimento na maior feira de turismo do mundo

Segundo o responsável, o turismo em Cabo Verde cresce, em média, de 10 a 15% por ano. Teriam sido cerca de 600 mil os visitantes em 2013, volume que é superior à população do país.

A crise no Egito teria influenciado o turismo nas ilhas cabo-verdianas. “A estabilidade económica e política em Cabo Verde é sempre uma vantagem. É uma garantia. Grande parte dos operadores nesses países também operam em Cabo Verde. Por isso, é fácil fazer a partilha desses turistas”, explica o administrador.

As ilhas do Sal e da Boa Vista são as que mais recebem visitantes. Nuno Martins acredita que o próximo passo para incrementar ainda mais o turismo em Cabo Verde seria apostar em novas ofertas.

Mais voos para São Tomé e Príncipe

Berlin Sao Tome und Principe

Jandira Aguiar lidera a Direção de Turismo e Hotelaria de São Tomé e Príncipe

Pelo terceiro ano consecutivo, São Tomé e Príncipe mantém a presença na ITB. Desta vez, com Jandira Aguiar à frente da Direção de Turismo e Hotelaria que aproveitou para anunciar o aumento da oferta de voos entre o seu país e a Europa.

“A partir de 1 de julho, a TAP [Transportes Aéreos Portugueses] vai operar três vezes por semana, o que quer dizer que vamos ter quatro voos semanais para São Tomé e Príncipe”, revelou.

Com os novos voos da TAP, espera-se um aumento no número de visitantes. “E com um número maior de turistas, obviamente que a economia depois beneficiará com a ida de turistas para São Tomé e Príncipe”, refere Jandira Aguiar.

Angola fora do pavilhão África

Este ano, Angola ficou fora do pavilhão África, que já estava lotado. Para não deixar de participar na ITB, a representação do país teve que se juntar ao stand da TAAG - Linhas Aéreas de Angola, no pavilhão de companhias de turismo.

Berlin ITB Angola

Amélia Cazalma, coordenadora nacional da KAZA em Angola

Um dos principais projetos em curso no país é a participação na Área Transfronteiriça de Conservação Kavango-Zambezi (KAZA). Amélia Cazalma, coordenadora nacional da KAZA em Angola, diz que o país trabalha na criação de condições primárias, como a desminagem da região, que “já está pelo menos nos 80%”. Quanto às expectativas em relação à KAZA, Cazalma acredita que atrairá vários turistas, possivelmente dentro de um ou dois anos.

Também a KAZA está presente na ITB e acaba de firmar uma parceria com a Sociedade Alemã para Investimentos e Desenvolvimento (DEG), subsidiária do Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW) que prevê a promoção do investimento do privado na Área Transfronteiriça de Conservação Kavango-Zambezi.

Mbiganyi Dipotso, gestor de programas da KAZA, diz que esta parceria deve beneficiar Angola mais do que qualquer outro país, “porque há uma infraestrutura turística muito pequena em termos de alojamentos e de conectividade da área”. Além disso, acrescenta, outros países desenvolveram mais o turismo. “Angola está um pouco atrás, mas tem um grande potencial turístico”, conclui Dipotso.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados