1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

Autoridades do Kwanza-Sul prometem realojar vítimas das cheias

Mais de 300 famílias da província angolana do Kwanza-Sul ficaram ao relento por causa das cheias recentes. As autoridades provinciais preparam-se agora para as transferir das zonas de risco para zonas seguras.

default

Autoridades pedem à população que não construam em zonas de risco

O Governo provincial promete realojar alguns munícipes das cidades do Sumbe e Porto Amboim depois das fortes chuvas que se abateram nas últimas semanas sobre a província do Kwanza-Sul. Uma das soluções encontradas é a distribuição de lotes para a auto-construção dirigida, orientada pelas autoridades locais.

"Estamos a envidar esforços para transferir toda esta população para a Pomba Nova [perto de Sumbe], para lhe darmos melhores condições", afirmou à imprensa o governador provincial, Eusébio de Brito Teixeira.

"Temos máquinas a lotear os terrenos, vamos entregar documentos, vamos construir lá os serviços básicos de escola e saúde. Direcionámos também a questão dos transportes para a respetiva Direção, para que a população possa sair de lá de cima da região de Pomba Nova e venha à cidade fazer a sua vida normal."

Ouvir o áudio 02:05

Autoridades do Kwanza-Sul prometem realojar vítimas das cheias

Apelo à população

E, porque prevenir é melhor do que remediar, o governador provincial do Kwanza-Sul pediu aos habitantes que não construam casas em zonas de risco. Pediu também a colaboração da população no processo de realojamento.

"Deixamos o nosso apelo no sentido de afluírem para aquela área para facilitar essa decisão, porque, quando chover, já não há condições de andarmos atrás das pessoas porque estão diante de uma calamidade", disse Eusébio de Brito Teixeira.

As últimas enxurradas na província do Kwanza-Sul afetaram principalmente os moradores do município do Sumbe, deixando centenas de pessoas ao relento, devido a inundações e ao desabamento das suas residências.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados