1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Atentado na Alemanha: Camião arrasa mercado de Natal em Berlim e mata pelo menos 12 pessoas

Ataque contra mercado de Natal no bairro de Charlottenburg faz pelo menos 12 mortos e 48 feridos. A polícia da Alemanha fala de atentado terrorista. O motorista do camião foi capturado.

Ataque ocorreu no mercado de Natal no Breitscheidplatz em Berlim-Charlottenburg (Reuters/F. Bensch)

O ataque com o veículo pesado ocorreu no mercado de Natal no Breitscheidplatz em Berlim-Charlottenburg

Pelo menos 12 pessoas morreram na segunda-feira à noite em Berlim quando um camião irrompeu sobre um mercado de Natal junto à Igreja Memorial do Imperador Wilhelm de Berlim, a famosa Kaiser-Wilhelm-Gedächniskirche. Segundo o balanço mais recente da polícia alemã, 48 pessoas ficaram feridas, algumas delas estão em estado grave.          
O condutor do camião foi detido pela polícia. De acordo com informação avançada pelo jornal Die Welt e confirmada pela agência de notícias dpa trata-se de um homem que entrou na Alemanha em fevereiro como refugiado, sendo provavelmente de origem paquistanesa ou afegã. 

Foi atentado, confirma a polícia alemã

Assistir ao vídeo 00:44

Atentado terrorista em Berlim

Na manhã desta terça-feira a polícia alemã confirmou no Twitter: "Estamos agora em condições de confirmar que foi um atentado e não um acidente." A polícia de Berlim informou que o camião, com matrícula polaca e carregado com vigas de aço, pode ter sido roubado. O segundo ocupante do camião, de nacionalidade polaca, foi encontrado morto dentro da viatura e está entre as doze vítimas mortais. 

Quando o camião atingiu o mercado de Natal no bairro de Charlottenburg eram oito horas da noite na Alemanha. O mercado estava cheio.

Thomas de Maiziere PK Razzia NRW in Berlin

O ministro alemão dos negócios estrangeiros, Thomas de Maiziere, falou à imprensa, dizendo que as autoridades estão a investigar o caso.

Na televisão pública alemã, o ministro do Interior alemão Thomas de Maizére admite que tudo aponta para um ataque terrorista: “Em representação do governo alemão quero dizer que todos estamos devastados com as notícias. Rezamos pelos familiares daqueles que morreram e esperamos que os feridos recuperem. Quero agradecer a todas as equipas de resgate e à polícia que chegaram ao local imediatamente. Ativámos a nossa equipa de reação. Estamos a interrogar um suspeito. Nós ainda não temos conclusões sobre o que estará por trás deste incidente, mas não vamos descansar até que tudo esteja esclarecido.”

População de Berlim em choque

Ouvir o áudio 04:12

Atentado na Alemanha: Camião arrasa mercado de Natal em Berlim e mata pelo menos 12 pessoas

Anselm Lange é o presidente da paróquia da Igreja Memorial do Imperador Wilhelm. Chegou ao local do incidente 30 minutos depois. Em entrevista à DW disse o seguinte: "Temos que ter em mente que este mercado de Natal é muito popular. Está cheio de pessoas às oito da noite. Pessoas que se empurram umas às outras, como é suposto ser num mercado de Natal. Se olharmos para o camião, vê-se que o chalé foi esmagado, portanto é fácil imaginar a destruição e o trauma que este incidente causou".

Uma testemunha contou à agência Reuters o momento de pânico: “Eu estava junto à entrada do mercado de Natal quando ouvi um barulho muito alto e fui atirada para o chão devido ao colapso de um dos chalés de natal. Foi quando me levantei que percebi que havia muitas pessoas no chão que não se moveram nunca mais”, disse a jovem berlinense que não se identificou.

Há muitos feridos internados nos hospitais

Ontem ao final da noite os corpos de algumas das vítimas continuavam no local, tapados por folhas de plástico, enquanto a polícia recolhia indícios. Toda a área foi selada pelas autoridades para o decurso das investigações. Sven Gerling, porta-voz da brigada dos bombeiros, relata que há muitas das vítimas, muitas delas gravemente feridas: "Os feridos estão profundamente traumatizados. Sofreram graves lesões físicas, mas também psicológicas. Tivemos vários médicos de emergência no local e agora temos que ver quanto tempo é que os feridos terão de ficar no hospital".

É esperado que sejam revelados mais detalhes sobre o incidente numa conferência de imprensa marcada pelas autoridades da cidade para a tarde desta terça-feira.

 

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados